Significado de Alienação

Compartilhar no Facebook

O que é Alienação:

Alienação tem diversos significados, pode ser uma cessão de benstransferência de domínio de algo ou uma perturbação mental.

A alienação é a diminuição da capacidade dos indivíduos em pensar ou agir por si próprios.

Os indivíduos alienados não têm interesse em ouvir opiniões alheias, e apenas se preocupam com o que lhe interessa, por isso são pessoas alienadas.

Um indivíduo alienado pode ser também alguém que perdeu a razão, ou seja, que está louco.

Na psicologia, o termo alienação designa os conteúdos reprimidos da consciência e também os estados de despersonalização em que o sentimento e a consciência da realidade se encontram fortemente diminuídos.

A alienação de bens é o ato ou efeito de alienar uma propriedade ou um bem, ou seja, ceder para outrem a posse.

Saiba mais sobre o significado de Alienação de bens.

Alienação Fiduciária

A alienação fiduciária é uma vertente do direito de propriedade, que está no âmbito do direito real de garantia.

De acordo com o direito real, alienação significava a cessão de uma mercadoria ou coisa a terceiros.

A alienação fiduciária acontece quando um comprador adquire um bem a crédito, e o credor toma o próprio bem em garantia, de forma que o comprador fica impedido de negociar o bem com terceiros.

Alienação Parental

A alienação parental acontece quando o pai ou a mãe de uma criança faz com que esta repudie, rejeite ou sinta ódio do outro cônjuge.

Este termo foi utilizado pela primeira vez por Richard Gardner, em 1985, designando o conceito da Síndrome de Alienação Parental (SAP).

Neste caso, um dos pais é responsável em “treinar” a criança a romper os laços afetivos com o outro genitor, desenvolvendo fortes sentimentos de ansiedade e medo em relação ao outro cônjuge.

A alienação parental é vista como uma “lavagem cerebral”, considerada uma interferência na formação psicológica da criança.

Todas as disposições acerca da alienação parental estão previstas na lei nº 12.318, de 26 de agosto de 2010.

Alienação na Filosofia

A filosofia do direito do século XVIII, abordava a alienação como a renunciação de algumas liberdades individuais a favor do Estado.

No sentido estritamente filosófico, entende-se por alienação o processo ou estado em que algo ou alguém é ou se converte num estranho para si próprio (distante, desconhecido, alheio, outro).

Alienação Social

A alienação social está relacionada com um estado mental do ser humano.

Neste estado mental, ele não compreende que é o formador da sociedade e da política, e aceita tudo sem questionar.

A alienação social incapacita o pensamento independente do ser humano, e ele passa a aceitar tudo como algo natural, racional ou divino.

Este tipo de alienação é considero o oposto do pensamento crítico, por exemplo. 

O significado de Alienação está na categoria: Geral