Significado de Carnaval

Compartilhar no Facebook

O que é Carnaval:

Carnaval ou entrudo são os três dias de folia que precedem a quarta feira de cinzas. É uma palavra que tem origem no latim "carna vale" que significa dizer "adeus à carne".

O carnaval chegou ao Brasil através das festas que ocorriam na Europa, principalmente na Itália e na França, no século XVII. As fantasias de pierrô e de colombina foram logo incorporadas ao carnaval brasileiro.

No início as festas de carnaval aconteciam nas ruas, com desfiles de fantasias depois, passaram a ser realizadas nos clubes, onde eram tocadas as marchas, os sambas e os frevos preparados para os festejos.

Hoje algumas cidades se destacam nas festas de carnaval. No Rio de Janeiro são os desfiles das escolas de samba, em Salvador são os trios elétricos que tomam conta das ruas da cidade, no Recife o bloco "O Galo da Madrugada" que sai às ruas no sábado de carnaval, pelo centro da cidade e já entrou para o livro dos recordes, como o maior bloco de carnaval do mundo. Em Olinda, os bonecos gigantes desfilam pelas ladeiras da cidade Patrimônio da Humanidade.

O período do Carnaval muitas vezes é caracterizado pela inversão das normas aceitas pelo sociedade, sendo que alguns comportamentos são tolerados só durante esta época festiva.

As manifestações mais populares do Carnaval são os bailes de máscaras e desfiles carnavalescos. O mais popular desfile de carnaval acontece no Rio de Janeiro, na marquês de Sapucaí, onde ocorre o desfile tradicional das escolas de samba.

Em sentido figurado a palavra Carnaval pode significar folguedo, folia ou confusão. Ex: Quando a professora entrou na sala, encontrou o maior Carnaval.

Origem do Carnaval

A origem do Carnaval está relacionada com determinados rituais de fecundidade da terra, que eram organizados na passagem de ano e no início da Primavera. No entanto, com o aparecimento do Cristianismo o Carnaval perdeu um pouco do seu caráter simbólico e místico.

Os bailes de máscaras foram criados na França, no século XVII mas rapidamente ficaram populares em outros países europeus. Durante o Renascimento, as festas carnavalescas atingiram uma grande popularidade, principalmente na Itália (em Roma e Veneza).

Atualmente, o Carnaval perdeu a sua espontaneidade popular em quase todas as suas manifestações, passando a ser uma mera atração turística. No Brasil, apesar do Carnaval ter uma grande componente turística, ainda mantém a sua espontaneidade (principalmente no Rio de Janeiro e Bahia), que se fortaleceu através do folclore.

Igreja Católica e Carnaval

O carnaval é celebrado 40 dias antes da Páscoa, desde o sécilo XI. Este período é chamado pela Igreja Católica de Quaresma, que preserva quarenta dias de jejum, com abstinência de carne. Este período é caracterizado por muitas privações e por incentivar aqueles festejos carnavalescos onde a própria palavra carnaval indica os prazeres da carne. O carnaval acontece geralmente durante três dias que antecedem a Quarta-feira de Cinzas. A terça-feira de carnaval é chamada de Terça-feira gorda, ou "Mardi Gras" como dizem os franceses.

Carnaval na Itália

O carnaval na cidade de Veneza é uma tradição desde o século XVII, e sua característica maior são as máscaras, porque os nobres gostavam da diversão e para não chamarem a atenção do povo se disfarçavam escondidos atrás das máscaras. Os trajes utilizados ainda são os mesmos daquele período, as mulheres com vestidos longos ricamente enfeitados e os homens de libré ou roupas de seda preta e chapéus de três pontas.

O significado de Carnaval está na categoria: Geral