Significado de Metáfora

Compartilhar no Facebook

O que é Metáfora:

Metáfora é uma figura de linguagem em que há o emprego de uma palavra ou uma expressão, em um sentido que não é muito comum, em uma relação de semelhança entre dois termos. Metáfora é um termo que no latim, "meta" significa “algo” e “phora” significa "sem sentido". Esta palavra foi trazida do grego onde metaphorá significa "mudança" e "transposição".

Metáfora é a comparação de palavras em que um termo substitui outro. É uma comparação abreviada em que o verbo não está expresso, mas subentendido. Por exemplo, dizer que um amigo "está forte como um touro". Obviamente que ele não se parece fisicamente com o animal, mas está tão forte que faz lembrar um touro, comparando a força entre o animal e o indivíduo.

Esta figura de linguagem corresponde na substituição de um termo por outro através de uma relação de analogia. É importante referir que para que a analogia possa ocorrer, devem existir elementos semânticos semelhantes entre os dois termos em questão.

A metáfora é uma ferramenta linguística muito utilizada no dia-a-dia, sendo importantíssima na comunicação humana. Seriamente praticamente impossível falar e pensar sem recorrer à metáfora. Uma pesquisa recente demonstra que durante uma conversa o ser humano usa em média 4 metáforas por minuto. Muitas vezes as pessoas não querem ou não conseguem expressar o que realmente sentem. Então falam frases por metáforas onde seu significado fica subentendido.

Exemplos de metáforas

Eu estou sempre dando murro em ponta de faca.
Eu carrego o mundo nos meus ombros.
Os jogadores já estão preparados e estão no gramado que é um lindo tapete verde.

Metáfora do Iceberg

A Metáfora do Iceberg consiste no facto que muitas vezes a parte visível de um iceberg desde a superfície é muito pequena quando comparada com a parte do iceberg que está submersa. Esta metáfora tem sido muito usada para explicar vários fenômenos sociais. A metáfora do iceberg é frequentemente usada para descrever a mente humana, em que a parte que fica à superfície é a parte consciente e a maior, a submersa, é a parte relativa ao subconsciente.

Esta metáfora pretende fazer com que as pessoas entendam que muitas vezes há muito mais verdade além do que os nossos olhos conseguem ver. Através dela também podemos aprender que há muita coisa além do superficial e que muitas vezes tem mais valor do que o que está à superfície e é visível para todos.

Metáfora da Vida Cotidiana

Metáfora da Vida Cotidiana (em inglês: Metaphors We Live By) é um livro da autoria de George Lakoff e Mark Johnson.

Esta obra causou um grande impacto no mundo acadêmico e segundo Kanavillil Rajagopalan, já conquistou o lugar de "clássico". George Lakoff e Mark Johnson abordam a metáfora e o seu impacto no ser humano, e com este livro desafiam a forma de pensar que vê a metáfora como um simples enfeite do pensamento. De acordo com os autores, o próprio pensamento e desenvolvimento cognitivo do ser humano está estruturado graças à metáfora, pois elas estão ligadas à forma como vemos e apreendemos o mundo externo.

No livro Metáforas da Vida Cotidiana, os autores afirmam: “A essência da metáfora é a compreensão e a experiência de uma coisa em termos de outra”.

Veja também os seguintes significados:

Pleonasmo

O significado de Metáfora está na categoria: Língua Portuguesa