Significado de Abstracionismo

O que é Abstracionismo:

Wassily Kandinsky, Composition VIIIAbstracionismo é um movimento artístico vanguardista em que a representação da realidade é feita de maneira desconstruída, com o uso de cores, linhas e formas abstratas.

Também chamado de Arte Abstrata, há registros desta forma de arte desde a pré-história. Mas o conceito de Abstracionismo foi consolidado no início do século XX, com o início do movimento liderado por Wassily Kandinsy.

A chegada do movimento abstracionista rompe de uma vez com toda e qualquer referência concreta. Tudo é abstração nas obras, como se estivessem criando uma realidade paralela, um universo autônomo abstrato em que as linhas, formas e cores não são o que se vê. Esta ideia pode ser sintetizada na frase de Kandinksy, "criar uma obra de arte é criar um mundo".

O movimento abstracionista tem grande influência entre os artistas dos séculos XX e XXI, envolvendo dentro do conceito de Arte Abstrata outras correntes artísticas como o Expressionismo, Cubismo, Dadaísmo, Futurismo, Surrealismo e Neoplasticismo.

Veja também:

Principais artistas do Abstracionismo

Wassily Kandinsy, Piet Mondrian, Jackson Pollock, Paul Klee e Robert Delaunay.

O artista japonês radicado em São Paulo Manabu Mabe foi o precursor do abstracionismo no Brasil, seguido por Tomie Ohtake, Cicero Dias e Antonio Bandeira.

Características do Abstracionismo:

  • Representação do mundo desligada da realidade visível
  • Negação do figurativo e da imitação do mundo
  • Desconstrução das figuras naturais
  • Simplificação da forma
  • Inovação no uso da cor
  • Rejeição da perspectiva
  • Oposição à iluminação convencionalmente retratada

Contexto histórico do Abstracionismo

O movimento do abstracionismo surgiu em contraposição à noção de arte e beleza renascentista, ainda vigente na época. No renascimento, o talento do artista era medido pela sua capacidade de reproduzir com a maior verdade possível o mundo à sua volta.

Há autores que também defendem que a popularização da fotografia, no final do século XIX, contribuiu para o surgimento da arte abstrata, já que não era mais preciso que a arte atuasse enquanto uma imitação do mundo.

Os impressionistas do fim do século XIX e começo do século XX, como Monet, que já haviam começado a busca pela representação do universo por outros olhares. A preocupação dos impressionistas era com a luminosidade, muito mais do que a perfeita impressão dos objetos ou pessoas representadas.

No começo do século XX despontam dois estilos que começam a quebrar com a ideia da imitação da natureza, abrindo espaço para o avanço e consolidação da arte abstrata. O Fauvismo de Henri Matisse dedicava-se à simplificação das formas e um apurado estudo de cores. O Dadaísmo de Pablo Picasso e Georges Braque decompunha a perspectiva das cenas e usava de figuras geométricas na representação dos elementos da natureza.

Abstracionismo Informal

Dentro do Abstracionismo, uma vertente identificava-se mais com a transmissão de sentimentos e emoções através da arte. O que ficou conhecido como Abstracionismo Informal, ou Abstracionismo Expressivo, ou ainda Abstracionismo Lírico. Os artistas identificados com este grupo trabalhavam ainda mais sua subjetividade, traduzindo uma forte carga emocional nas obras por meio de cores e formas livremente interpretadas, por instinto. Seu maior representante foi o pintor russo Wassily Kandinsky.

Abstracionismo Geométrico

Enquanto o Abstracionismo informal preocupava-se com a emoção, o foco do Abstracionismo Geométrico era a forma. Os elementos das obras, suas cores e linhas, formavam composições geométricas. O artista que mais se destacou dentro desta vertente foi o holandês Piet Mondrian.

Você pode ter interesse nos significados de Cubismo e Futurismo.

O significado de Abstracionismo está na categoria: Arte