Significado da Atmosfera

O que é a Atmosfera:

Atmosfera é a camada gasosa que envolve e acompanha a Terra em todos os seus movimentos, devido à força da gravidade, além de ter a função de equilibrar a temperatura do planeta.

A atmosfera é composta de vários gases importantes para a vida, como o oxigênio, o nitrogênio e o gás carbônico, que formam uma mistura transparente, incolor e inodora chamada de ar atmosférico. Além dos gases, há também vapor de água, partículas em pó, micro-organismos etc.

Os gases mais pesados da atmosfera estão concentrados mais próximos da superfície terrestre e os mais leves estão mais distantes. À medida que aumenta a altitude, a atmosfera torna-se cada vez mais rarefeita (em altitudes mais elevadas sentimos falta de ar). A 80 km de altitude o oxigênio é quase inexistente, pois, por ser um gás pesado, não se mantém em altas altitudes.

A atmosfera faz parte do estrato geográfico junto com a "litosfera" (conjunto de rochas e solos), a "hidrosfera" (conjunto de todas as águas do planeta) e a "biosfera" (elementos encontrados na atmosfera, na litosfera e na hidrosfera). Esses componentes se relacionam entre si, isto é, são interdependentes: qualquer alteração em um deles implica a alteração do conjunto.

Ver também: significado da Litosfera.

Camadas da Atmosfera

A atmosfera é formada por cinco camadas desde a superfície terrestre até a mais externa:

  • Troposfera - Atinge até cerca de 10 a 12 km de altitude e concentra 75% dos gases e 80% da umidade atmosférica (vapor de água, cristais de gelo etc. que formam as nuvens). É a camada na qual ocorrem as perturbações atmosféricas. À medida que se eleva pode atingir -60°C na parte superior, que é chamada de tropopausa.
  • Estratosfera – Estende a partir da troposfera até cerca de 50 km. O vapor de água é quase inexistente e não se formam nuvens. É uma região importante devido à presença de ozônio, que filtra a maior parte dos raios ultravioletas emitidos pelo sol. A temperatura aumenta com a altitude, chegando a atingir 2°C na parte superior.
  • Mesosfera – Dá início à chamada atmosfera superior e vai da tropopausa até 80 km de altitude. Ao contrário do que ocorre na estratosfera, aqui a temperatura diminui com a altitude (o ar é mais rarefeito), podendo atingir -90°C no limite superior.
  • Ionosfera – Prolonga-se da mesosfera até cerca de 600 km. O ar é muito rarefeito e carregado de íons (partículas eletrizadas que têm a propriedade de refletir as ondas de rádio e tVs). É nessa camada que os meteoros (estrelas cadentes) se desintegram. A temperatura pode atingir até 1000°C na parte superior.
  • Exosfera – É a camada mais externa da atmosfera. Começa mais ou menos a 600 km de altitude, com limites superiores imprecisos. A inexistência de ar permite temperaturas elevadíssimas (mais de 1000°C).

Efeito estufa

O efeito estufa é um fenômeno atmosférico que consiste na retenção do calor irradiado pela superfície terrestre, pelas partículas de gases e de água em suspensão, garantindo a manutenção do equilíbrio térmico do planeta e, portanto a sobrevivência das espécies vegetais (que processam a fotossíntese) e animais.

Um desequilíbrio na composição atmosférica, provocado pela concentração elevada de certos gases que têm capacidade de absorver calor, como o metano, o dióxido de carbono e o óxido nitroso, provocam um armazenamento maior de calor que é refletido para a terra resultando no efeito estufa.

Saiba mais sobre o significado do Efeito Estufa.

Chuva ácida

A chuva ácida é outro fenômeno atmosférico causado, em escala local ou regional, pela poluição emitida pelas indústrias, transportes e outras formas de combustão. Os principais responsáveis por esse fenômeno são o dióxido de enxofre, emitido a partir da queima de combustíveis fósseis, do oxigênio já presente na atmosfera e do dióxido de nitrogênio emitido por veículos automotores.

Descubra mais sobre o significado da Chuva ácida.

O significado da Atmosfera está na categoria: Ciência