Significado do Canal de Suez

O que é o Canal de Suez:

Canal de Suez é um canal aquático artificial que liga o Mar Mediterrâneo ao Mar Vermelho através do Egito.

O Canal de Suez é o acesso mais rápido entre o continente europeu e a Ásia Meridional. Antes da sua construção, os navios que saiam da Europa tinham que contornar toda a costa africana para chegar ao destino asiático.

Após 10 anos em construção, o Canal de Suez foi inaugurado em 17 de novembro de 1869, ajudando a diminuir a viagem das embarcações que em até 7 mil quilômetros. Atualmente, a travessia leva entre 11 e 14 horas para ser concluída.

A Companhia de Suez, administrada pelo empresário francês Ferdinand de Lesseps, foi a responsável por construir o Canal. De acordo com os registros históricos, cerca de 125 mil egípcios morreram durante a construção do canal, principalmente por contraírem cólera.

Atualmente, o canal é controlado e mantido pela Autoridade do Canal de Suez (SCA), órgão pertencente ao governo do Egito. Após alguns conflitos, o canal passou a ser aberto a todas as nações do mundo a partir de 1975.

Em termos de dimensão, o Canal possui 195 quilômetros de comprimento, 170 metros de largura e aproximadamente 20 metros de profundidade.

O Canal de Suez representa uma enorme importância para a economia mundial, pois através dele flui cerca de 7% dos transportes marítimos do mundo.

Ao contrário do Canal do Panamá, o Canal de Suez não possui sistema de comportas e eclusas, pois todo o trajeto está ao nível do mar. A água flui livremente entre as extremidades do canal.

Mas, para garantir o seu fluxo, o trajeto do Canal de Suez atravessa quatro principais lagos egípcios: Manzala, Timsah, Grande Bitter e Pequeno Bitter.

Entre 2014 e 2015 foram feitas obras de ampliação no canal, um projeto que ficou conhecido como Novo Canal de Suez. Entre as atualizações, foram adicionados 72 quilômetros ao canal, um progresso que prevê o aumento no fluxo diário de navios de 50 para 97 até 2023.

Saiba mais também sobre o Canal do Panamá e o Canal da Mancha.

Data de atualização: 27/05/2016.