Significado de Canibalismo

O que é Canibalismo:

Canibalismo é a característica, particularidade ou condição de um canibal, ou seja, aquele que pratica o ato de comer um ser vivo da mesma espécie.

O termo canibalismo surgiu por causa de uma comunidade indígena que habitava a região do Caríbe, e que realizava rituais onde a carne humana era consumida. Durante a exploração do espanhol Cristóvão Colombo à região, os espanhóis ficaram aterrorizados com esta prática e deram o nome de "canibales" (em referência à região do Caríbe) aos índios.

Os atos canibais são muitas vezes considerados sinônimos dos antropofágicos, no entanto, o canibalismo não pode ser entendido como um sinônimo pleno de antropofagia.

O termo antropofagia, do grego anthropophagía ("anthropo" = "homem" e "phagía" = "comer"), é o ato de comer carne humana. Apenas carne humana.

Já o canibalismo consiste no ato de comer um ser vivo da mesma espécie (um ser humano comer outro ser humano, por exemplo). Ou seja, se um animal come outro animal, mas de espécie diferente, não pode ser considerado um canibal, mas sim apenas antropófago (um leão comer um homem, por exemplo).

Atualmente, o canibalismo ainda é uma pratica comum em rituais satânicos ou em algumas religiões pagãs, onde um indivíduo deve servir de sacrifício em homenagem à um deus ou entidade. Os membros dessas seitas, religiões ou cultos acreditam que ingerindo a carne humana conseguirão revigorar as suas forças e energias espirituais, já que também estão "comendo" a alma do sacrificado.

Canibalismo humano

O canibalismo humano é denotado pela ação ou maneira comportamental de uma brutalidade extrema. Em sociedades antigas, o ato de comer carne humana em rituais e cerimônias tinha uma característica justificada em uma crendice religiosa popular.

Atualmente, o canibalismo é considerado crime em todos os países do mundo ocidental. A figura do canibal é repudiada, sendo até mesmo tratado como um paciente portador de doenças ou distúrbios mentais, devido a sua natureza cruel e da falta de empatia pelo sofrimento do próximo.

Em alguns casos isolados, o canibalismo humano é praticado como última alternativa para a sobrevivência de um indivíduo ou grupo de pessoas, que normalmente encontram-se isoladas e sem qualquer outra fonte de alimento.

Canibalismo no Brasil

O canibalismo no Brasil era uma prática bastante comum entre os índios da tribo Tupinambá, que praticavam-no como parte de um ritual de guerra.

Eles consumiam a carne dos guerreiros adversários com o objetivo de "absorver a bravura e coragem" do inimigo. Ser comido era considerado uma das formas mais honráveis de morrer, porque significava que o guerreiro era corajoso e tinha o espírito suficientemente forte para atrair a "fome" dos tupinambás.

Canibalismo em biologia

O canibalismo está presente em várias espécies de animais. Neste caso, trata-se de uma relação ecológica em que normalmente são eliminados os animais debilitados, através de uma seleção natural.

Em alguns tipos de aranhas, escorpiões e em determinadas espécies de insetos (como o louva-a-deus), por exemplo, há um ritual praticado entre as fêmeas que consiste em devorar os machos dessa mesma espécie após o acasalamento.

Veja também o significado de Antropofagia.

Data de atualização: 29/05/2019.