Significado do Clima polar

O que é o Clima polar:

Clima polar ou clima glacial é um grupo climático que define o clima das regiões próximas aos polos terrestres, caracterizada por manter temperaturas do ar inferiores aos 10 graus Celsius nos meses mais quentes do ano.

Segundo a classificação climática de Koppen-Geiger, o clima polar (classe E) pode ser dividido em três subclimas: clima polar, clima de tundra e o clima alpino.

  • Clima polar: caracteriza-se pela temperatura média mensal do ar ser abaixo dos 0 graus Celsius.
  • Clima de tundra: temperaturas dos meses mais quentes entre os 0 e 10 graus Celsius.
  • Clima alpino: climas das regiões de grandes altitudes, com temperaturas inferiores 10°C, durante os meses mais quentes. É caracterizado por ter chuvas abundantes.

O clima polar está presente em algumas regiões do extremo norte da Europa, do Canadá, no norte do Alasca, Sibéria, Antártida, Groelândia e Escandinávia.

A vegetação que predomina neste clima é a tundra, enquanto que a fauna é formada principalmente por focas, ursos polares, pinguins, elefantes-marinhos, baleias-azuis, entre outros.

Saiba mais sobre o significado de Tundra.

Outra particularidade das zonas polares é o chamado “sol da meia-noite”, quando o sol fica no horizonte por períodos de 24 horas durante o verão.

Durante o inverno, no entanto, o sol não aparece, fazendo com que as regiões polares permaneçam na escuridão total.

Características do clima polar

  • Possui grandes amplitudes térmicas diárias e anuais;
  • A tundra é a vegetação predominante em algumas regiões de clima polar (clima de tundra);
  • Baixo índice pluviométrico (devido a baixa evaporação da água);
  • Temperaturas médias extremamente baixas, com máximas de -10 graus Celsius e mínimas de -50 graus Celsius;
  • Baixa umidade do ar;
  • Predominância de geleiras permanentes (calotas polares);
  • Presença de ventos intensos.

Ver também: o Clima tropical e Clima equatorial.

Data de atualização: 25/01/2019.