Significado de Cortina de ferro

O que é a Cortina de ferro:

Cortina de ferro é uma expressão que se refere à divisão da Europa Ocidental do leste europeu, no período conhecido como Guerra Fria.

Esta célebre expressão foi dita durante o discurso feito pelo primeiro-ministro britânico da época, Winston Churchill, no dia 5 de março de 1946, logo após o anúncio do fim da Segunda Guerra Mundial. Em seu discurso, o primeiro-ministro afirmou que:

De Estetino, no [mar] Báltico, até Trieste, no [mar] Adriático, uma cortina de ferro desceu sobre o continente. Atrás dessa linha estão todas as capitais dos antigos Estados da Europa Central e Oriental. Varsóvia, Berlim, Praga, Viena, Budapeste, Belgrado, Bucareste e Sófia; todas essas cidades famosas e as populações em torno delas estão no que devo chamar de esfera soviética, e todas estão sujeitas, de uma forma ou de outra, não somente à influência soviética mas também a fortes, e em certos casos crescentes, medidas de controle emitidas de Moscou.

Considerado um marco para o início da Guerra Fria, o discurso de Churchill pôs fim à aliança que derrotou a Alemanha na guerra e que originou a divisão da Europa em duas partes de áreas de influências políticas e econômicas diferentes: a zona capitalista e a zona comunista. A Europa Oriental estava sob influência e controle político da União Soviética, enquanto a Europa Ocidental estava sob domínio dos Estados Unidos.

Na época, a expressão fazia uma metáfora sobre a influência soviética na região e ressaltava o regime separatista na economia que existia entre o leste europeu e a economia capitalista.

Anos mais tarde, esta metáfora transformou-se em realidade com a construção de muros protegidos por militares soviéticos, entre eles, o Muro de Berlim, que acabou sendo derrubado em 1989, iniciando o processo de reunificação alemã.

Veja mais sobre a Guerra Fria e o muro de Berlim.

Data de atualização: 10/07/2018. O significado de Cortina de ferro está na categoria: Geral