Desertificação

A desertificação é considerado um grande problema ambiental, consequência do empobrecimento do solo.

Esse processo acontece quando determinado solo fica árido, ou seja, se torna seco, com menos umidade e nutrientes. Por consequência, o solo desertificado fica completamente improdutivo para a agricultura.

Os locais que mais ocorrem a desertificação são áreas áridas, sub-úmidas e semiáridas, como a caatinga brasileira.

Uma das principais características que se apresentam em um solo desertificado é o tipo de vegetação. Enquanto uns não possuem qualquer tipo de planta devido ao severo empobrecimento, outros têm vegetações que resistem à baixa umidade, como as xerófilas.

DesertificaçãoCacto: um tipo de vegetação xerófila, que suporta solos com baixa umidade.

Causas da desertificação

Existem duas causas principais, responsáveis pelo processo de desertificação no solo: a natural ou climática e a antrópica.

  • Causa natural ou climática: é aquela que acontece devido às mudanças climáticas, como o aquecimento global. Com o clima cada vez mais seco, o solo seca e passa a ficar impróprio para agricultura;
  • Causa antrópica: é aquela que acontece devido às ações dos homens, como o uso excessivo e incorreto do solo para a agricultura, produtividade rural intensa, além do desmatamento e queimadas.

Desertificação no Brasil

No Brasil, o processo de desertificação acontece principalmente em áreas degradadas, com clima árido e sub-úmido.

Um dos locais mais afetados pela desertificação no país é o sertão nordestino, na caatinga. Uma boa parte dessa área está comprometida com esse processo de empobrecimento do solo, consequência de práticas agrícolas inadequadas, que não preservam a região.

caatingaCaatinga brasileira, sertão nordestino.

Além do nordeste, algumas áreas do sudeste, como o estado de Minas Gerais, também sofrem com esse problema ambiental que acontece com um grande avanço.

Numa tentativa de conter as consequências da desertificação, o Governo Federal criou o PAN-Brasil: Plano de Ação Nacional de Combate à Desertificação. O projeto tem por objetivo amenizar os efeitos da seca e auxiliar os moradores e agricultores locais, que são afetados por esse processo de empobrecimento do solo.

Consequências da desertificação

A desertificação é considerada um grande problema ambiental por seus efeitos negativos na economia, na sociedade e no clima dos locais afetados. Veja as principais consequências deste processo:

  • O solo se torna improdutivo para qualquer tipo de processo agrícola;
  • Quando o solo se torna improdutivo, acaba por impactar a economia local. Os moradores da região perdem espaço de plantio de alimentos, o que ocasiona o desemprego;
  • Proporciona a saída da população da zona rural para o meio urbano numa procura de novas oportunidades;
  • Em muitos locais, como no continente Africano, a desertificação pode causar fome, devido a diminuição da agricultura;
  • Grandes disputas por terras agricultáveis;
  • Prolongamento da seca;
  • Aumento da quantidade de sais no solo, o que leva ao processo de salinização.

Veja também o significado de:

Data de atualização: 18/05/2020.