Significado de Diagrama de Ishikawa

O que é Diagrama de Ishikawa:

Diagrama de Ishikawa é uma ferramenta gráfica utilizada pelo setor administrativo para o gerenciamento e o controle de qualidade em diversos processos. Em suma, serve para ajudar a refletir sobre as causas e efeitos de determinado problema e como preveni-lo.

Diagrama de Ishikawa

Também conhecido como Diagrama de Causa e Efeito, Diagrama Espinha-de-peixe ou Diagrama 6M, este esquema foi originalmente proposto pelo engenheiro químico Kaoru Ishikawa, no ano de 1943, e foi aperfeiçoado nos anos seguintes.

Na sua estrutura, os problemas são classificados em seis tipos diferentes (6 Ms): método, matéria-prima, mão-de-obra, máquinas, medição e meio ambiente. Esse sistema permite estruturar hierarquicamente as causas potenciais de um determinado problema ou também uma oportunidade de melhoria, assim como seus efeitos sobre a qualidade dos produtos.

O Diagrama de Ishikawa é uma das ferramentas mais eficazes e mais utilizadas nas ações de melhoria e controle de qualidade nas organizações, permitindo agrupar e visualizar as várias causas que estão na origem de qualquer problema ou de um resultado que se pretende melhorar.

Geralmente, esses diagramas são feitos por grupos de trabalho e envolvem todos os agentes do processo em análise. Depois de identificar qual o problema ou efeito a ser estudado, é feita uma lista das possíveis causas e depois faz-se o diagrama de causa e efeito.

Como fazer um diagrama de Ishikawa?

Antes de começar a desenhar o diagrama, os seguintes passos devem ser cumpridos:

  • Determinar o problema que será analisado no diagrama e o objetivo que se espera alcançar. No entanto, palavras abstratas e vagas devem ser evitadas;
  • Juntar informação a respeito do problema em questão;
  • Reunir um grupo que possa ajudar na criação do diagrama, e depois de apresentar as devidas informações, promover uma sessão de brainstorming sobre o problema;
  • Ordenar todas as informações de forma sucinta, apontar as principais causas e eliminar informação dispensável;
  • Desenhar o diagrama tendo em conta as causas que devem estar de acordo com os 6 M’s (máquina, método, mão de obra, matéria prima, meio ambiente, medição).

Um diagrama de Ishikawa deve conter os seguintes componentes:

  • Cabeçalho: Título, autor(es), data.
  • Efeito: Deve conter o indicador de qualidade e o problema a ser analisado. O efeito normalmente ocupa o lado direito da folha.
  • Eixo central: Representado por uma flecha horizontal, aponta para o efeito e é uma linha horizontal no meio da folha.
  • Categoria: indica os grupos de fatores mais importantes relacionados com o efeito. Neste caso as flechas partem do eixo central e são inclinadas.
  • Causa: Causa potencial, pertencente a uma categoria que pode colaborar com o efeito. As flechas constituem linhas horizontais, que apontam para a flecha da categoria.
  • Sub-causa: Causa potencial que pode contribuir com uma causa específica. São derivações de uma causa.

O significado de Diagrama de Ishikawa está na categoria: Geral