5 Diferença entre um psicopata e um sociopata

Muita gente confunde sociopatas com psicopatas, o que não é surpresa para ninguém, já que ambos os distúrbios têm a mesma classificação no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM-IV): tratam-se de transtornos de personalidade dissocial ou antissocial.

Mas, mesmo as características de ambos sendo bastante semelhantes, existem algumas pequenas diferenças que ajudam a classificar a pessoa como um psicopata ou sociopata.

De acordo com dados estatísticos, aproximadamente 3% da população mundial é formada por psicopatas, sendo que estas pessoas costumam ser três vezes mais reincidentes em crimes do que os criminosos "comuns".

Por este e outros motivos, fique atento nas 5 principais diferenças entre psicopatas e sociopatas e esteja preparado para reconhecer um!

Instabilidade x Meticulosidade

Esta talvez seja uma das principais diferenças entre psicopatas e sociopatas. Estes últimos, assim como os psicopatas, costumam agir de maneira impulsiva, no entanto de modo muito mais intenso e emocional. Além disso, sociopatas também aparentam ser mais instáveis em comparação aos psicopatas.

Já os indivíduos que sofrem de psicopatia são mais meticulosos e detalhistas em suas ações, agindo de modo premeditado e cauteloso, justamente para evitar que seus atos sejam descobertos. Em comparação com os sociopatas, que são mais emotivos, os psicopatas não costumam deixar muitos rastros de seus crimes, fazendo com que seja mais difícil captura-los.

Ver também: 5 sinais para identificar o sociopata mais próximo de você.

Hereditário x Desenvolvido

Alguns estudos mostram que a psicopatia pode ser transmitida hereditariamente, ou seja, o psicopata nasce com este transtorno. No entanto, de acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, o indivíduo só poderá ser oficialmente diagnosticado a partir dos 18 anos.

A sociopatia também tem influência da genética, mas o diferencial está no fato do ambiente onde o indivíduo habita ser fundamental para a eclosão e desenvolvimento deste distúrbio.

Apatia x Empatia

Os sociopatas são capazes de sentir culpa, remorso e até mesmo empatia por algumas pessoas (claro, numa intensidade ou modo diferente que um indivíduo normal sentiria). Mas por outro lado, os psicopatas são totalmente apáticos, não sentindo qualquer tipo de compaixão, culpa ou remorso por outros seres vivos.

Por serem capazes de sentir sentimentos por algumas pessoas, os sociopatas são capazes de estabelecer ligações afetivas verdadeiras, principalmente com amigos ou familiares. Os psicopatas não fazem isso, mas como são excelentes manipuladores e mentirosos, podem simular um sentimento de afeição por alguém, mas unicamente para alcançar um objetivo pessoal. Não existem sentimentos afetuosos verdadeiros nos psicopatas.

Ver também: 5 Traços que permitem identificar um psicopata.

Não querem ser capturados x Não estão muito preocupados com isso

Os psicopatas são muito egocêntricos, manipuladores e inteligentes. Muitos acreditam e se sentem superiores aos demais indivíduos, achando que são incompreendidos pela sociedade devido a complexidade de seu intelecto.

Por este motivo, eles não têm dificuldades em se "infiltrar" na comunidade, se camuflando como "pessoas normais" e, para isso, conseguem agir como se fossem os indivíduos mais comuns que existem. Chegam até mesmo a conquistar a simpatia e afeição das pessoas mais próximas, caso este seja o seu objetivo.

Já os sociopatas não se importam em mostrar a verdadeira face e, em muitos casos, dispensam as encenações e o uso de "máscaras sociais" para esconder as suas reais intenções.

Como os sociopatas são mais instáveis emocionalmente, não fazem questão de esconder sentimentos como cinismo, ciúmes, possessividade ou imaturidade. Ao contrário dos psicopatas, os sociopatas não fazem questão de serem vistos como indivíduos normais e socialmente integrados.

Psicopatas são sociopatas, mas não o oposto

Podemos dizer que a psicopatia representa uma forma avançada da sociopatia, então por este motivo, todos os psicopatas podem ser classificados como sociopatas, visto que apresentam os mesmo comportamentos que estes.

Porém, os sociopatas não são necessariamente psicopatas, justamente por apresentarem alguns diferenciais em sua personalidade (sentir empatia, por exemplo) que não pertencem ao verdadeiros psicopatas.

Temos que lembrar que existem diferentes níveis de psicopatia e sociopatia, ou seja, não são todos os indivíduos com este transtorno que apresentarão os mesmos comportamentos.

Ficou interessado no assunto? Descubra mais diferenças entre os Psicopatas e os Sociopatas.

Data de atualização: 22/08/2019.