Significado de Entorpecente

O que é Entorpecente:

Entorpecente pode ser uma substância natural ou sintética que provoca alterações físicas e psíquicas nas pessoas que as ingerem, além de dependência química e psicológica.

Para classificar uma substância como entorpecente, esta deve causar efeitos colaterais de entorpecimento, embriaguez ou qualquer tipo de sensação de transtorno psicossensorial. De acordo com a Lei nº 11.343, de 23 de agosto de 2006, também são classificados como entorpecentes quaisquer substâncias ou produtos capazes de causar dependência química ou psicológica.

Os entorpecentes também são popularmente chamados de drogas ou narcóticos, sendo que são muitas vezes associados exclusivamente às substâncias que são proibidas para consumo. No entanto, os entorpecentes podem ser tanto ilícitos como lícitos, ou seja, que são permitidos pela lei para livre consumo e comercialização. O cigarro, as bebidas alcoólicas e alguns remédios são exemplos de entorpecentes lícitos.

Saiba mais sobre o significado de Droga.

De modo geral, os entorpecentes são extremamente viciantes e perigosos. Os dependentes dessas substâncias (também chamados de toxicodependentes) podem morrer de overdose devido ao consumo excessivo das drogas.

Tipos de entorpecentes

Existem inúmeros tipos de entorpecentes, desde os naturais (encontrados na natureza) aos sintéticos (produzidos pelo ser humano):

  • Entorpecentes naturais: são produzir principalmente através de plantas, como a maconha (Cannabis sativa);
  • Entorpecentes semissintéticos: são drogas extraídas da natureza, mas que passam por processos químicos em laboratório para a intensificação de seus efeitos. Exemplos: crack, cocaína, heroína e etc.
  • Entorpecentes sintéticos: produzidas exclusivamente em laboratórios químicos. Exemplos: LSD, ecstasy, Metanfetamina e etc.

Data de atualização: 11/05/2015.