Significado de Epidemia

O que é uma epidemia:

Epidemia é a propagação de uma doença infecciosa, que surge rapidamente em determinada localidade ou em grandes regiões e ataca ao mesmo tempo um grande número de pessoas.

Os vírus, bactérias ou outros microrganismos são os responsáveis por provocar as epidemias. Eles se propagam através do ar, da saliva, da água, do sangue ou por meio de animais denominados hospedeiros.

Diversas epidemias já ocorreram ao longo dos séculos, entre elas, a peste bubônica ou peste-negra, que assolou a Europa e a Ásia, entre os anos de 1333 a 1351, e provocou milhões de mortes. A Varíola matou milhões de pessoas entre os anos de 1896 a 1980.

No sentido figurado, epidemia é qualquer coisa que virando moda, passa a ser usada por um grande número de pessoas. É também uma expressão usada para generalizar um grande número de determinadas ocorrências. Ex.: epidemia de fumo, epidemia de homicídios etc.

Diferença entre endemia, epidemia e pandemia

Endemia é a ocorrência frequente de uma doença, geralmente infecciosa, em determinado local, acometendo um número maior ou menor de indivíduos.

No Brasil, diversas doenças são consideradas endêmicas, entre elas, a febre-amarela, a malária, leishmaniose, esquistossomose, dengue, doença de chagas, Hanseníase e tuberculose. A Região Amazônica (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins) é uma área endêmica da malária.

A epidemia é um surto de agravação de uma doença endêmica, ou seja, de uma doença que existe com frequência, em determinado lugar e que rapidamente ataca um grande número de pessoas, virando uma epidemia.

À medida que uma determinada doença se espalha por grande parte de um continente ou mesmo por diversas partes do mundo, ela passa a ser considerada uma pandemia.

Veja também o significado de epidemiologia.

Atualizado em