Significado de Eutrofização

O que é Eutrofização:

Eutrofização é um processo causador de poluição nas águas através da adição de fósforos e nitratos na água.

A palavra é dividida entre os termos gregos "eu", que corresponde à bom, e "trophos", que quer dizer alimento. A eutrofização é a ação da boa alimentação, em sua origem enquanto vocábulo.

Para a ecologia, a eutrofização da água é o excesso de nutrientes no ambiente aquático. É uma sobrecarga de matéria orgânica, na maior parte das vezes causada pelo homem. E que acaba tendo consequências negativas sobre a qualidade da água.

A eutrofização também pode ser chamada de eutroficação.

A eutrofização leva à floração, um processo no qual as algas e cianobactérias se multiplicam rapidamente devido à quantidade excessiva de nutrientes para alimentá-las, em forma de minerais como o fosfato e o nitrato na água.

As algas formam uma camada densa e esverdeada na superfície, e impedem a luz de atingir a profundidade do rio ou lago em questão.

Sem luz, os organismos que vivem em camadas inferiores na água não conseguem fazer a fotossíntese adequadamente, o que reduz a quantidade de oxigênio disponível para manter os peixes e mamíferos aquáticos que ali vivem. E os corpos dos animais mortos aumentam ainda mais a matéria orgânica que causa a algas.

Todo o processo de eutrofização já é prejudicial ao meio ambiente por si só, e ainda possui mais uma grave consequência: agentes decompositores de matéria de multiplicam no recinto eutrofizado. Esses agentes liberam toxinas que agravam a poluição na água, tornando-a imprópria para consumo.

A poluição por eutrofização ocorre quando excesso de dejetos orgânicos são jogados nas águas, o que acaba por interferir nesse ecossistema.

A origem dos dejetos é que determina o tipo de processo, dividido em eutrofização natural, quando lentamente o ambiente orgânico vai se transformando, ou eutrofização artificial, em que é acelerado pela ação do homem.

Entre os dejetos que desencadeiam a eutrofização artificial estão fertilizantes agrícolas e restos de produção industrial. Estes que podem ser diretamente despejados em rios e lagos, causando a eutrofização. Ou também que entrem nos cursos hídricos, e mais a frente acabem por poluir.

Data de atualização: 03/07/2017.