Significado de Führer

Juliana Bezerra
Revisão por Juliana BezerraProfessora de História

O que é Führer:

Führer, também escrito Fuehrer, é uma palavra alemã que significa "líder" ou "guia".

O termo ficou conhecido após ser usado por Adolf Hitler para definir seu papel de autoridade total no Terceiro Reich da Alemanha (1933-1945).

Antes do termo ser reivindicado por Hitler, a palavra também foi usada como título militar para comandantes que não possuíam as qualificações para manter o comando permanente.

Como existe uma forte conotação entre esse termo e a Alemanha nazista, o führer não é mais usado no contexto político, mas pode ser combinado com outras palavras para significar "guia". Por exemplo, um guia de montanha seria chamado de Bergführer, com "berg" significando "montanha".

hitlerrAdolf Hitler, chamado de führer pelos seus seguidores do Partido Nazista.

Führer como título de Adolf Hitler

Hitler requereu a palavra führer como um nome único para si mesmo e começou a usá-lo quando se tornou presidente do Partido Nazista, em 1934.

Não era incomum chamar os líderes de um partido de führer, mas geralmente a palavra tinha um acréscimo para indicar a qual partido o líder pertencia.

Ao adotá-lo como um título único, Hitler se inspirou no político extremista austríaco Georg Von Schonerer (1842 - 1921), que também usou o termo e cujos seguidores também fizeram uso da saudação Sieg Heil, "salve a vitória!" em alemão.

O termo “Heil Hitler!” (“Hail Hitler!”) tornou-se legalmente obrigatório como uma saudação comum, assim como a saudação de Hitler com o braço direito totalmente impulsionada para frente com a palma voltada para baixo.

hitlerSaudação obrigatória a Hitler.

Dentro da organização política, o Führer ficou no ápice de uma hierarquia. Diretamente abaixo dele estavam vários Reichsleiter (líderes do Reich) com responsabilidades como finanças, propaganda, política externa e direita, bem como o político Heinrich Himmler, chefe da Gestapo e o segundo homem na hierarquia nazista.

Após a aprovação da "Lei de Concessão de Plenos Poderes de 1933", que concedeu poder total a Hitler, o ditador suprimiu o escritório do então presidente alemão Paul von Hindenburg e tornou-se o seu sucessor.

Isso violou a própria Lei de Concessão de Plenos Poderes e Hitler não usou o título como "presidente". Ele se autodenominou "Führer e Chanceler do Reich" (chanceler é o título dado ao chefe do Poder Executivo alemão).

Ele usaria o título em combinação com outras lideranças políticas, pelas posições que tomou, por exemplo "Führer Germânico" ou "Führer e Supremo Comandante do Exército"

A morte de Adolf Hitler

Após uma perda aparente na guerra e a perseguição desencadeada pela França, Estados Unidos e Reino Unido, Adolf Hitler casou-se com Eva Braun e se suicidou com um tiro de pistola na cabeça, em 30 de abril de 1945.

Eva também se suicidou no mesmo dia, ao tomar uma cápsula de cianeto.

Como os corpos não foram encontrados, muitas histórias circularam a esse respeito. Uma delas dizia que os cadáveres foram recuperados anos mais tarde. Outros afirmavam que Hitler teria fugido, etc.

Os corpos de Hitler e Eva foram cremados no jardim da chancelaria pelos sobreviventes do bunker (conforme suas próprias ordens).

Um tribunal alemão finalmente declarou oficialmente a morte de Hitler apenas em 1956.

Veja também:

Data de atualização: 28/05/2019.

Juliana Bezerra
Revisão por Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.