Significado de Hemácias

O que são as Hemácias:

Hemácias (também conhecidas por eritrócitos ou glóbulos vermelhos) são as células sanguíneas responsáveis pela cor vermelha do sangue e que exercem um importante papel na oxigenação celular dos tecidos corporais.

Hemácias

Características das hemácias 

As hemácias são as células com maior presença no sangue, compostas basicamente de globulina e hemoglobina, proteína responsável pela cor avermelhada do sangue. 

As hemácias são produzidas na médula óssea, estimuladas pelo hormônio glicoproteico chamado eritropoetina. Além disso, elas possuem formato de disco bicôncavo e não possuem núcleo (anucleadas) e nem DNA quando maduras.

As hemácias têm um tempo de vida que dura cerca de 120 dias. Após este período, elas passam pelo processo de hemólise, onde são destruídas no baço e no fígado e seus componentes são utilizados para a fabricação de novas células.

O diâmetro das hemácias é de aproximadamente sete micrômetros, podendo ser maiores no sangue rico em gás carbônico (sangue venoso), ao se comparar com o sangue rico em oxigênio (sangue arterial). 

Entretanto, essas células podem sofrer o fenômeno da macrocitose ou microcitose, que é o aumento ou a diminuição no tamanho das hemácias, respectivamente.

Em resumo, estas são as principais características das hemácias:

  • São anucleadas (não têm núcleo);
  • Produzidas na médula óssea;
  • Contém hemoglobina (responsável pela cor vermelha do sangue);
  • Transportam oxigênio para todas as células do corpo;
  • Tempo de vida das hemácias é de 120 dias;
  • São as células com maior presença no sangue.

Saiba mais sobre o significado das Hemoglobinas.

Função das hemácias ou eritrócitos

A principal função das hemácias está relacionada com o transporte de oxigênio (O2) para todas as células do corpo. Mas elas também fazem o transporte do dióxido de carbono (CO2) e íons de hidrogênio.

Além disso, as hemácias também garantem a cor avermelhada do sangue. Esta função, por sua vez, é realizada por meio da hemoglobina, que possui uma porção de ferro em sua composição que se liga ao oxigênio, garantindo o transporte.

O sangue apresenta uma quantidade de hemácias que varia conforme a pessoa, seus hábitos e seu estado emocional. Normalmente, existem cerca de de 5 milhões de hemácias por milímetro cúbico no sangue de um homem adulto e saudável. Na mulher, este valor é de aproximadamente 4,5 milhões.

Essa contagem das hemácias é realizada através do hemograma, exame laboratorial onde é retirado a coleta de sangue para análise.

Hemácias baixas e Hemácias altas

A quantidade de hemácias no sangue pode ser sinal de doenças ou condições alarmantes para a saúde da pessoa. 

Hemácias baixas

Quando a quantidade das hemácias no sangue está em baixa é diagnosticada então a anemia, doença causada pela baixa quantidade de hemoglobina e de ferro no sangue ou em decorrência da grande destruição das células sanguíneas.

É importante ressaltar também que alguns quadros de anemias podem ser causados pela genética, como a anemia falciforme, doença caracterizada pela deformação hereditária no tamanho das hemácias. Esta mudança faz com que ela se torne menos flexível e seja mais frágil que a hemácia normal, o que desencadeia a destruição rápida dessa célula sanguínea.

Saiba mais sobre o significado da Anemia.

Hemácias altas

O número de hemácias costuma aumentar quando o indivíduo está em lugares muito altos (acima dos 2.500 metros acima do nível do mar). A explicação está no fato do organismo produzir mais eritrócitos para oxigenar as demais células do corpo, visto que em grandes altitudes o ar atmosférico é mais escasso. 

As hemácias altas ocorrem quando atingem um valor de hemoglobina superior ao de 17,2 g/dL e 15,1 g/dL, para homens e mulheres adultas, respectivamente.

Caso a pessoa não esteja em elevadas altitudes, o aumento de hemácias no sangue pode representar algum tipo de anormalidade fisiológica

Entre as principais doenças e demais causas que estão relacionadas com a hemoglobina alta estão:

  • Tumores;
  • Fibrose pulmonar;
  • Enfisema pulmonar;
  • Desidratação;
  • Esforço físico extremo.

Níveis normais de hemácias e hemoglobina no sangue (Hemograma)

ParâmetrosRecém-nascidoBebê até 1 anoCriançasMulheresGrávidasHomens
Hemácias (1012/L)4 a 5,64 a 4,74,5 a 4,73,9 a 5,033,9 a 5,64,32 a 5,52
Hemoglobina (g/dL)13,5 a 19,611 a 1311,5 a 14,812 a 1611,5 a 1613,5 a 18

Hemácia Normocíticas e Hemácias Normocrômicas

A palavra normocítica é usada para nomear as hemácias com tamanho celular normal. Já a palavra normocrômica representa a normalidade da coloração da célula sanguínea. 

Quando o resultado de um exame sanguíneo apresenta anemia normocítica ou normocrômica, significa que a não há anormalidades na estrutura e concentração das hemácias. Assim, o provável motivo para que a pessoa esteja com anemia é porque perdeu muitas quantidades de sangue de modo repentino.

Hemácias na urina, o que significa?

Não é normal a presença de glóbulos vermelhos na urina. Caso esse resultado seja confirmado, pode representar a presença de algumas doenças, como:

  • Anemia falciforme;
  • Tuberculose;
  • Tumor renal;
  • Queimaduras severas.

O significado de Hemácias está na categoria: Medicina

Significados Populares