Significado de Higiene Ambiental

O que é Higiene Ambiental:

Higiene Ambiental é um conceito relacionado com a preservação das condições sanitárias do meio ambiente de forma a impedir que este prejudique a saúde do ser humano.

Desta forma, a higiene ambiental pressupõe cautela em relação aos fatores químicos, físicos e biológicos externos ao indivíduo. Visto que estes fatores podem ter um impacto sobre a saúde, o objetivo da higiene ambiental é prevenir as doenças mediante a criação de espaços saudáveis.

A higiene ambiental deve zelar pela saúde tanto das gerações atuais como das futuras. Algumas áreas de atividade da higiene ambiental são: desinfeção (para controlar bactérias, pragas e organismos prejudiciais para a saúde), fumigação, desinfestação e desratização.

No casa hipotético de um indíviduo verter resíduos tóxicos numa determinada rua, compete ao Estado a limpeza do local dirigindo-se a empresas especializadas em higiene ambiental. Assim, não se permite que indivíduos que passem pelo local adoeçam devido à exposição a esses resíduos.

Higiene Ambiental na Cozinha

De modo a impedir que os alimentos se tornem veículos de transmissão de doenças, devemos ter os seguintes cuidados:

  • Não descongelar alimentos à temperatura ambiente. O descongelamento deve ser feito à temperatura de refrigeração ou com o alimento debaixo de água corrente em local limpo e desinfetado;
  • Utilizar de imediato o alimento que foi descongelado e não voltar a congelá-lo;
  • Alimentos como (massas, carne, recheios de sanduíches, etc), devem ser bem guardados, tendo em conta que precisam de proteção contra insetos, poeiras e outros agentes nocivos;
  • As lixeiras utilizadas na cozinha devem ser com pedal, tampa e sacolas plásticas para manter eventuais pragas (ratos, baratas, etc.) distantes. Assim também se evita tocar na tampa do lixo com a mão, contaminando-a;
  • Resíduos devem ser devidamente armazenados em local próprio para a sua remoção final.

A Organização Mundial de Saúde identificou as principais falhas nos hábitos diários que podem causar contaminações alimentares, entra as quais:

  • Preparação dos alimentos muito tempo antes do consumo;
  • Alimentos prontos são muitas vezes deixados por muito tempo em contato com a temperatura ambiente (por exemplo: sobre o fogão ou dentro do forno);
  • Cozimento deficiente ou não suficiente;
  • Contaminação cruzada (mistura de alimentos crus com cozidos. Ex: utilizar a mesma vasilha ou a mesma faca para cortar dois alimentos diferentes);
  • Pessoas contaminadas preparando os alimentos.

Higiene Ambiental e Desenvolvimento de Doenças

A falta de higiene ambiental pode ocorrer com o depósito indevido no meio ambiente de lixo orgânico, industrial, gases poluentes, objetos materiais, elementos químicos, etc.

A poluição ambiental causa distúrbios no bom funcionamento dos ecossistemas, matando várias espécies animais e vegetais. O ser humano também é prejudicado com este tipo de ação, pois necessita muito dos recursos hídricos, do ar e do solo para viver com qualidade de vida e mantendo uma boa saúde. Quando estes três meios são poluídos, verifica-se o desenvolvimento de doenças, sendo que algumas são exemplificadas em seguida:

Doenças transmitidas através da água - Gastrenterite, Amebíase, Giardíase, Febre tifóide, Cólera, Leptospirose, Verminoses (esquistossomose ou xistose);

Doenças transmitidas através do solo - Tétano e Verminoses (ascaridíase, teníases, cisticerco, oxiurose, ancilostomose o amarelão)  

Doenças transmitidas através do ar - .Doenças alérgicas (bronquite, rinite e asma)

O ar poluído pode conter partículas que podem causar sérios problemas de saúde. Além de materiais poluentes, o ar também pode conter diferentes tipos de microorganismos que causam doenças. Tendo em conta esta fato, mencionamos agora algumas doenças causadas por vírus e bactérias.

Doenças causadas por vírus -  (resfriado, gripe), outras viroses (caxumba, sarampo, rubéola, poliomielite, catapora)

Doenças causadas por bactérias - (tuberculose, meningite meningocócica, pneumonia bacteriana, coqueluche)

Higiene Ambiental na Educação Infantil

É sabido que uma boa higiene ambiental no futuro depende também da educação que é dada às crianças e jovens de hoje. Por isso, em muitas escolas a higiene ambiental tem sido um tema abordado com os alunos para que estes possam:

  • compreender que a saúde é um direito de todos e uma parte fulcral do crescimento e desenvolvimento do ser humano;
  • compreender que a condição de saúde é um resultado das relações com o meio físico, econômico e sociocultural, sabendo identificar fatores que prejudicam a saúde pessoal e coletiva no meio onde vivem;
  • conhecer e utilizar formas para intervir individual e coletivamente sobre os fatores nocivos à saúde, agindo com responsabilidade relativamente à sua saúde e à saúde dos indivíduos ao seu redor;
  • conhecer formas de aceder aos recursos da comunidade e as possibilidades de utilizar os serviços voltados para a promoção, proteção e recuperação da saúde;
  • adotar hábitos de autocuidado, respeitando as possibilidades e limites do próprio corpo.

Higiene Ambiental no Trabalho

É muito importante manter o ambiente de trabalho o mais higiênico e saudável possível, uma vez que muitas pessoas passam grande parte do seu dia nesse ambiente.
Estes são alguns pontos que visam a conscientização de sujeitos para que possam criar um ambiente limpo, que é uma garantia de saúde e segurança no trabalho.

  • Não se alimentar nos setores de trabalho;
  • Não deixar vestígios de comida no chão ou nos equipamentos e máquinas;
  • Usar recipientes higiênicos para tomar água;
  • Não deixar os equipamentos de proteção individual no chão ou nas máquinas.