Significado de Homérico

O que é Homérico:

Homérico é um adjetivo que se refere ou pertence ao poeta grego Homero, a suas obras, ou a seu estilo: “poemas homéricos”, “tempos homéricos”, “período homérico”.

Homero foi o poeta das epopeias “A Ilíada” e “Odisseia”, deve ter vivido entre os séculos IX e VIII a.C. Várias cidades disputam a honra de ter sido o lugar de seu nascimento, Esmirna, Rodes, Quios, Argos, Ítaca, Pilos e Atenas. Todas reivindicam essa honra em sinal da importância histórica de suas obras.

De concreto, pouco se sabe sobre Homero e o ambiente em que teria vivido, por volta dos séculos XII e VIII a.C., o chamado período homérico. A “A Ilíada” e a “Odisseia” por muito tempo foram os mananciais da cultura ocidental, já que as qualidades dos heróis épicos passaram a servir como padrão de comportamento.

Homérico, no sentido figurado, é uma expressão usada como referência a algum fato heroico, grandioso, épico. Quando queremos nos referir a grandes feitos usamos a expressão façanhas homéricas, fatos homéricos, acontecimentos homéricos.

Período Homérico

O Período Homérico é um dos períodos da história política da Grécia Antiga, que é dividida em quatro periodos: Período Pré-Homérico (século XX a.C. ao XII a.C.), Período Homérico (século XII a.C. ao VIII a.C.), Período Arcaico (século VIII a.C. ao VI a.C.) e o Período Clássico (século V a.C. ao IV a.C.).

O Período Homérico é genericamente designado como tempos heroicos ou homéricos. A importância do nome teve origem no fato de que as escassas informações que sobreviveram ao período referiam-se aos feitos lendários de heróis e deuses. E os únicos dados da época foram contados nos poemas épicos de Homero (A Ilíada e Odisseia), que só foram escritos no século VII, pelo estadista ateniense Pisístrato (605-527 a.C.).

Data de atualização: 11/07/2014.