Significado de Inteligência artificial

O que é Inteligência artificial:

Inteligência artificial (artificial intelligence - A.I., em inglês) é um ramo de pesquisa da Ciência da Computação que se ocupa em desenvolver mecanismos e dispositivos tecnológicos que possam simular o raciocínio humano, ou seja, a inteligência que é característica dos seres humanos. 

O objetivo central das pesquisas relacionadas a inteligência artificial baseia-se na ideia de fazer com que os computadores possam "pensar" exatamente como os humanos, criando análises, raciocinando, compreendendo e obtendo respostas para diferentes situações. 

Não apenas solucionar problemas de maneira racional, mas o grande "passo" dentro dos estudos da inteligência artificial é o desenvolvimento de sistemas que consigam aprender e se autodesenvolver. Em outras palavras, significa criar novas deduções a partir da junção de várias informações fragmentadas, assim como acontece dentro do sistema neurológico dos seres humanos. 

Indo além do ponto de vista cognitivo, outra grande ambição das pesquisas envolvendo tecnologias de inteligência artificial é a possibilidade de fazer com que a criatividade, emoções e sentimentos humanos possam também ser reproduzidos pelas máquinas.

A ideia de inteligência artificial pode parecer enredo de história de ficção científica. Mas graças aos avanços das pesquisas na área, significativos resultados já começam a aparecer e a fazer parte do cotidiano das pessoas. 

Como funciona a inteligência artificial?

A união de várias tecnologias é necessária para o desenvolvimento da inteligência artificial, com destaque para três fatores importantes:

  • máquinas com grande potência de processamento;
  • modelos de dados otimizados (capazes de analisar e processar informações de modo inteligente);
  • constante quantidade de informações para alimentar os modelos.

Também existem algumas leis que os desenvolvedores dos softwares de inteligência artificial devem seguir para evitar que a tecnologia execute ações inesperadas. 

Esses parâmetros foram criados com base nas Leis da Robótica ou "Leis de Asimov" (em homenagem à Isaac Asimov, um dos escritores de ficção-científica mais importantes da história). Entre alguns dos princípios, destaque para: 

  • Restrição de conhecimento: impõe um limite ao que a inteligência artificial pode aprender e executar.
  • Proibido se auto replicar: impede que a IA se reproduza, ou seja, que gere cópias de seu software de modo independente.
  • Proibição de interação: impede que a inteligência artificial mantenha contato com pessoas não autorizadas para se comunicar com elas.
  • Ordem: a inteligência artificial deve obedecer todas as ordens que o seu programador inserir no sistema, mesmo que isso inclua a autodestruição do dispositivo.

Essas "barreiras" são úteis para limitar a área de atuação e participação da inteligência artificial, evitando que ela seja capaz de executar ações que foram aprendidas, mas que não se enquadrem com o seu propósito.

Veja também o significado de Cyborg.

Exemplos de inteligência artificial

A inteligência artificial está presente no cotidiano da maioria das pessoas, mesmo que elas não percebam. Alguns exemplos básicos são:

  • As tecnologias que proporcionam o reconhecimento fácil em fotografias que estão disponíveis nas principais redes sociais, como o Facebook, por exemplo. Consistem em formas de inteligência artificial, pois o sistema consegue reconhecer virtualmente traços da fisionomia da pessoa e associar com o perfil daquele indivíduo.
  • A capacidade de alguns softwares de "aprender" as preferências de seus usuários através das experiências obtidas também pode ser considerado um exemplo primário de inteligência artificial.
  • Dispositivos que utilizam o processamento de voz para executar tarefas, como o Siri do iPhone, é outro exemplo de como a I.A está presente no dia a dia das pessoas.

Vantagens e desvantagens da inteligência artificial

Aspectos positivos

Com o uso da inteligência artificial as máquinas podem ajudar os seres humanos a solucionarem problemas e potencializar pesquisas de modo mais rápido e com poucos erros.

A IA pode tornar a vida cotidiana mais prática, visto que esta estaria programada a interpretar diferentes situações e adaptar respostas ou soluções de acordo com cada particularidade, por exemplo.

Dispositivos com inteligência artificial também seriam úteis para substituir a presença humana em locais de difícil acesso, como explorações nas profundezas do oceano ou no espaço.

Aspectos negativos

Mesmo ainda faltando muito para que as máquinas atinjam o conceito mais próximo possível do que seria a inteligência humana, os cientistas já consideram a hipótese de que, em um futuro distante, a inteligência artificial venha a ser uma ameaça para a humanidade. 

De acordo com pesquisadores e personalidades de renome dentro da ciência, como Stephen Hawking e Elon Musk, o surgimento de uma tecnologia com a habilidade de agir e "pensar" de forma autônoma, poderia significar a superação e dominação das pessoas, colocando em risco a existência de uma civilização governada por seres humanos.

Além desse temor, a inteligência artificial ainda pode apresentar outras desvantagens no futuro, como a substituição de profissionais de algumas áreas por máquinas. 

Questões éticas também podem ser um problema, caso a tecnologia de inteligência artificial se torne muito similar ao processo mental dos seres humanos no futuro.

Ver também o significado de Inteligência

Data de atualização: 28/03/2018. O significado de Inteligência artificial está na categoria: Tecnologia