Significado da Intifada

O que é a Intifada:

Intifada é o nome popular que representa as insurreições do povo palestino da Cisjordânia contra os abusos promovidos pelo povo de Israel.

O termo “intifada” tem origem árabe e significa "revolta" ou "levante". Por esta razão, o movimento de resistência dos palestinos contra a política israelita ficou conhecida desta forma.

Estes movimentos tem caráter político e normalmente lutam contra as diretrizes politicas que Israel apoia, uma vez que conta com o apoio dos Estados Unidos e oprime o povo palestino. Eles possuem como objetivo o combate da ocupação nos territórios palestinos que são ocupados por Israel, além do acirramento do conflito religioso entre judeus e islâmicos.

Primeira Intifada

A intifada surgiu em meados de 1987, quando o povo palestino iniciou uma revolta espontânea contra os militares israelenses. A comunidade palestina vivia oprimida e combateu os militares de Israel utilizando apenas paus e pedras. Este movimento então ficou conhecido como Primeira Intifada, ou Guerra das Pedras.

Entretanto, a Primeira Intifada não conseguiu pôr fim ao conflito entre palestinos e israelitas, sendo necessárias várias intervenções da comunidade internacional com o objetivo de promover a paz na região.

Segunda Intifada

Uma das tentativas de conciliação aconteceu pelos idos do ano 2000, quando o líder palestino Yasser Arafat recusou a proposta de paz de Israel proposta por Ariel Sharon, dando início então a chamada Segunda Intifada.

Nesta etapa do conflito, grupos armados e terroristas foram criados de ambos os lados para defender inicialmente as causas religiosas, seguidas por seus interesses econômicos e políticos, tornando o confronto entre israelenses e palestinos mais intenso e violento.

Intifada gráfico

As possibilidades de pacificação na região são complicadas, uma vez que não se trata somente do fim da opressão de Israel. Existe interesses políticos, econômicos e sobretudo religiosos que acirram fortemente os confrontos e nenhum dos lados tem interesse em ceder o controle das ações em nenhuma destas instâncias.

Veja também o significado de Islamismo e Judaísmo.

Data de atualização: 18/12/2017.