Significado de Isquemia

O que é Isquemia:

Isquemia é um termo médico que significa deficiência ou ausência de suprimento sanguíneo e, consequentemente, de oxigênio, em determinado tecido ou órgão.

A palavra "isquemia" vem do grego "ischaimos", onde iskho = reter e haima = sangue.

Quando a oferta de sangue é inferior à necessidade básica do órgão ou tecido em questão, a isquemia se instala.

A isquemia pode ser decorrente de causas funcionais (hemorragia, hipotensão acentuada, espasmo vascular) ou mecânicas ( obstrução/compressão vascular, diminuição da luz vascular).

A intensidade e gravidade da isquemia depende do grau de obstrução vascular (total ou parcial), podendo ocorrer de forma rápida, no caso de um trombo, por exemplo, ou lenta, como acontece na aterosclerose.

Se a isquemia for prolongada, ela pode provocar necrose (morte) tecidual, como acontece no infarto agudo do miocárdio.

A isquemia cerebral ou Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI), conhecido popularmente por "derrame", é a falta de irrigação sanguínea numa determinada área do cérebro devido à obstrução de uma artéria.

As principais causas de isquemia são:

  • Obstrução da luz vascular:
    • Obstrução anatômica: compressão por tumor, hematoma, decúbito, espessamento da parede arterial (aterosclerose), trombos, coágulos;
    • Espasmos vasculares.
  • Diminuição da pressão entre artérias e veias:
    • Estados de choque por redução da pressão arterial;
    • Redução do fluxo sanguíneo nos capilares.
  • Aumento da viscosidade sanguínea: Reduz o fluxo especialmente na microcirculação;
  • Aumento da demanda: Isoladamente, geralmente não provoca isquemia, tornando-se importante quando quando associada às outras causas.

Data de atualização: 22/01/2015.