Significado de Kwanzaa

O que é Kwanzaa:

O Kwanzaa é uma celebração cultural e religiosa típica da cultura afro-americana, comemorada entre os dias 26 de dezembro e 1 de janeiro.

A festa contemporânea do Kwanzaa foi criada em 1966 por Ronald Karenga - líder e fundador do grupo de luta pelos direitos dos negros “UsOrganization” – com o intuito de aproximar os negros das suas raízes africanas.

O objetivo do Kwanzaa é promover os verdadeiros valores fraternais das festas do fim de ano, se opondo ao Natal que, de acordo com Ronald, transformou-se numa data meramente comercial e capitalista.

Na realidade, o Kwanzaa pode ser comemorado concomitantemente com o Natal ou Hanukkah (“natal dos judeus”), pois possui uma natureza interreligosa que valoriza conceitos de união familiar e comunitária.

Saiba mais sobre o significado do Natal.

Toda a festividade do Kwanzaa se concentra nos sete principais valores, conhecidos também por Nguzo Saba, criados por Karenga.

  1. Umoja: significa a unidade da família, da comunidade, dos povos e etc;
  2. Kujichagulia: autodeterminação;
  3. Ujima: coletividade e responsabilidade;
  4. Ujamaa: economia cooperativa e solidariedade;
  5. Nia: propósito, ou seja, cuidar dos interesses pessoais e do bem-estar geral;
  6. Kuumba: criatividade para melhorar a comunidade;
  7. Imani: fé e confiança;

A palavra Kwanzaa surgiu a partir da frase em suaíli (um dos idiomas bantos com mais falantes na África) “Kwanzaa do ya matunda”, que significa “primeiros frutos da terra”. Ou seja, Kwazaa pode ser traduzido como “primeiros frutos”.

Na cultura tradicional africana, o Kwanzaa era uma celebração praticada pelos povos de todo o sudoeste da África em agradecimento à colheita.

Símbolos do Kwanzaa

As celebrações do Kwanzaa, assim como o Natal e o Hanukkah, estão recheadas de simbolismos especiais.

No Mkeka – tecido que significa a fundação histórica dos ancestrais africanos – é posto sobre a mesa e, por cima dele, são dispostos alguns itens, como:

  • Kinara: candelabro de sete braços;
  • Mazao: frutas e plantas colocadas numa tigela;
  • Mishumaa Saba: sete velas que representam as virtudes do Kwanzaa (uma preta, três vermelhas e três verdes);
  • Muhindi: espigas de milho;
  • Zawadi: presentes para as crianças;
  • Kikombe cha Umoja: uma xícara, representando a unidade familiar e comunitária.

Existe uma ordem específica que deve ser obedecida no Mishumaa Saba. A vela preta (que simboliza o povo africano) deve ser colocada no meio da Kinara e ser acesa no primeiro dia de festividade.

As três velas vermelhas devem ser postas do lado esquerdo (simbolizando a luta do povo africano), e as velas verdes do lado direito (representando a esperança).

A cada dia uma dessas velas deve ser acesa, representando uma das sete virtudes do Kwanzaa.

Data de atualização: 29/09/2015.