Significado de Lixo nuclear

O que é Lixo nuclear:

Lixo nuclear é todo tipo de material e resíduo radioativo que não pode ser reaproveitado.

O lixo nuclear pode ter diversas fontes produtoras, não apenas das usinas nucleares, como muitas pessoas pensam. Laboratórios de exames clínicos e as armas nucleares, por exemplo, também são responsáveis pela produção de muitos resíduos radioativos.

Todo tipo de lixo nuclear deve ser transportado e depositado em locais adequados, caso contrário passa a representar um grande perigo para os seres vivos que entram em contato com esses dejetos.

Os seres humanos, por exemplo, podem desenvolver inúmeras doenças mortais ao entrar em contato com o lixo orgânico, como câncer, mutações genéticas e, em casos extremos, a destruição das células e morte imediata.

Quando não há um processo correto de eliminação deste tipo de lixo, acontece a poluição nuclear, que pode levar ao isolamento total da area contaminada com o material radioativo.

A radioatividade liberada pelos resíduos nucleares pode levar entre 50 a 100 anos para se dissipar.

O processo correto de eliminação do lixo nuclear passa por várias etapas. Primeiro, deve-se armazenar o resíduo em recipientes próprios e descartados em “tumbas” revestidas de concreto, com normalmente 800 metros de profundidade.

Depois, o lixo deve ficar confinado por um longo período - que vai de 50 a 300 anos – até que perca toda a sua radioatividade e deixe de ser uma ameaça para o meio ambiente.

Mesmo sendo considerado improvável, algumas substâncias nucleares podem ser recicladas. O urânio, por exemplo, utilizado nos reatores nucleares, pode ser reaproveitado para a produção de algumas tecnologias.

Lixo nuclear no Brasil

No Brasil, a principal produção de lixo nuclear acontece nas usinas atômicas de Angra I e Angra II, localizadas na cidade de Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro.

Saiba mais sobre o significado de usina nuclear.

Data de atualização: 02/08/2015.