Significado do Manifesto comunista

O que é Manifesto comunista:

O Manifesto comunista ou Manifesto do partido comunista é um documento escrito por Karl Marx e Friedrich Engels, fundadores do Socialismo científico, e publicado em 21 de fevereiro de 1848 para orientar a ação dos trabalhadores durante o surgimento dos movimentos operários.

Escrito sob a forma de panfleto, o documento tinha o intuito de definir e dar a conhecer os propósitos da Liga dos comunistas e de clamar pela união de todos os trabalhadores do mundo.

Segundo os autores, a história é uma sequência de conflitos entre as classes trabalhadoras e que não têm posses e as classes exploradoras, que dispõem de meios de produção.

manifesto_com_resized_1
Capa original do Manifesto comunista

O Manifesto tinha como um de seus principais objetivos a conscientização dos trabalhadores em relação ao poder que eles teriam se unissem forças.

Contexto histórico do Manifesto comunista

A Europa passava por um período de intensas revoluções no século XIX e isso teve reflexo nos ideais da população, principalmente dos operários, que começaram a refletir sobre seus direitos.

Karl Marx e Friedrich Engels eram pensadores que questionavam, dentre outras coisas, a ideologia da burguesia. Ao mesmo tempo que isso ocorria, os operários se reuniam em grupos para discutir problemas que aconteciam dentro da própria classe como, por exemplo, a miséria.

marx_engels_statue_

Estátuas de Karl Marx e Friedrich Engels, em Berlim, Alemanha

Os dois estreitaram relações com a então chamada Liga dos justos, união de trabalhadores criada por artesãos alemães que residiam na Inglaterra.

Posteriormente, a Liga veio a passar por uma crise principalmente por não ter seus ideais definidos e por ter conceitos que muito se distanciavam da realidade dos trabalhadores da Inglaterra.

Karl Marx e Friedrich Engels passaram a fazer parte da Liga, a renomearam como Liga comunista e reorganizaram os conceitos dessa união de trabalhadores em conformidade com os ideais do Comunismo.

No primeiro congresso da nova Liga, realizado em 1847, surgiu a necessidade de um documento que orientasse os trabalhadores principalmente em relação a seus direitos.

Foi com base nessa necessidade que o Manifesto foi escrito.

Resumo por capítulos

De forma a ser acessível aos leitores, o Manifesto comunista foi escrito em linguagem clara e simples de entender.

Sua estrutura era bem simplificada, composta por uma breve introdução, três capítulos e uma conclusão. Vejamos um pouco mais o que cada capítulo aborda:

Capítulo 1

Aborda comparativamente a realidade dos burgueses e do proletariado, enfatizando as diferenças entre eles e descrevendo a evolução de cada uma das duas classes. Apresenta críticas ao capitalismo e chama a atenção para o fato de que os menos favorecidos viviam excluídos, à margem da sociedade.

Capítulo 2

Aborda a relação entre o proletariado e os partidos ,e os pontos em comum entre eles, destacando a queda da superioridade da burguesia e o crescimento do poder nas mãos dos trabalhadores.

Capítulo 3

O terceiro e último capítulo do Manifesto fala sobre o regime socialista e o regime comunista e critica o socialismo reacionário (ideal burguês que defende a manutenção da produção e troca), o socialismo conservador (que defende uma reforma em vez de uma revolução) e o socialismo crítico-utópico (que tinha como objetivo a mudança através do exemplo e não de lutas políticas).

Qual foi o impacto do Manifesto comunista?

A ideia central do documento era a de mostrar aos trabalhadores que o que os impedia de ter uma vida digna eram as relações de subordinação impostas pelos seus respectivos empregadores.

Karl Marx e Friedrich Engels defendiam a ideia de que os trabalhadores não eram obrigados a viver como prisioneiros da ideologia burguesa. No panfleto, o Estado liberal foi acusado de falhas e os trabalhadores convocados para um grande revolução em prol de seus direitos. Pouco tempo depois de o documento ter sido escrito, aconteceu a Revolução francesa de 1848, também conhecida como Revolução de fevereiro.

Uma das grandes conquistas do Manifesto comunista foi a redução da carga horária de trabalho de doze para dez horas por dia.

Com o passar dos anos, o panfleto alcançou importância mundial e hoje em dia encontra-se traduzido em vários idiomas.

Saiba mais sobre Socialismo científico e Comunismo.

Data de atualização: 03/05/2018. O significado do Manifesto comunista está nas categorias: Geral, Filosofia