Significado de Neuromarketing

O que é o Neuromarketing:

É o estudo que, com o auxílio da neurociência e o marketing, busca compreender o comportamento do consumidor, desde a sua reação a uma propaganda, passando pela decisão de compra, até a sua fidelização a uma marca.

Para entender esse comportamento é feita uma análise das respostas cerebrais a cada estimulo publicitário feito para o consumidor.

É importante saber que essa que a tomada de decisão de compra acontece de forma inconsciente, quando estímulos ativam partes específicas do cérebro.

Conhecendo melhor o funcionamento do cérebro, é possível que, através do neuromarketing, as marcas estudem estratégias de marketing que acionam as nossas emoções.

As marcas usam desse conhecimento, seja através de símbolos, cores e até mensagens subliminares para provocar o efeito desejado: a compra e a fidelização do consumidor a sua marca.

Como as técnicas de neuromarketing são usadas pelas empresas?

As técnicas de neuromarketing são baseadas em princípios científicos sobre como os humanos realmente pensam e decidem, o que envolve processos cerebrais dos quais nossa mente consciente não sabe.

Quando combinadas com projetos e procedimentos experimentais concretos, essas novas técnicas fornecem ideias que impactam as decisões e ações do consumidor, invisíveis às metodologias tradicionais de pesquisa de mercado e das empresas.

O neuromarketing não é um novo tipo de marketing, é uma nova maneira de estudar marketing, por isso faz parte do campo de pesquisa de mercado.

As seis principais áreas que as marcas utilizam o estudo do neuromarketing são:

  • Branding: marcas são ideias na mente que extraem força das conexões que fazem. O neuromarketing fornece técnicas poderosas para medir associações que as marcas podem causar nos consumidores.
  • Design e inovação de produtos: o neuromarketing pode medir as respostas dos consumidores a ideias de produtos e designs de embalagens que são amplamente automáticos, emocionais e fora de nossa percepção consciente.
  • Eficácia da publicidade: muita publicidade nos afeta por meios inconscientes, mesmo que não pensemos que isso aconteça.
  • Tomada de decisão do comprador: o neuromarketing mostra como os ambientes da loja influenciam diretamente a forma como os compradores decidem e compram, e não é um processo lógico.
  • Experiências online: o mundo online oferece novos desafios aos nossos cérebros antigos. A ciência do cérebro mostra as muitas maneiras pelas quais podemos ser sutilmente influenciados enquanto realizamos nossas atividades on-line.
  • Eficácia do entretenimento: o entretenimento cria experiências na mente das pessoas que podem influenciar atitudes, preferências e ações. O neuromarketing mostra o que acontece quando o entretenimento nos transporta para um mundo imaginário.

O neuromarketing usa uma variedade de ferramentas e técnicas para medir as respostas e o comportamento do consumidor. Isso inclui tudo, desde abordagens relativamente simples e baratas, como rastreamento ocular, análise de expressões faciais e experimentos comportamentais.

Veja também o significado de:

Data de atualização: 18/10/2019.