Pandemia

O que é uma pandemia?

Pandemia é a classificação dada uma doença que pode chegar a contagiar todos os habitantes do mundo. O termo é usado quando uma doença de fácil contaminação chega a vários países e é transmitida facilmente entre as pessoas.

A peste negra foi uma das maiores pandemias que o mundo enfrentou e atingiu boa parte do Continente Europeu no século XIV. Calcula-se que a doença pode ter matado até 200 milhões de pessoas.

A AIDS foi descoberta na década de 1970 e ainda contamina milhões de pessoas todos os anos. O coronavírus, que surgiu em 2019, também foi declarado como pandemia.

As principais características de uma pandemia são:

  • contágio rápido e global;
  • expansão para diferentes países ou continentes;
  • dificuldade em conter as contaminações;
  • contaminação de um grande número de pessoas.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) é responsável por decretar que uma doença se tornou uma pandemia. Para isso, ela acompanha o crescimento dos casos da doença, a quantidade de locais afetados e a eficácia das medidas de prevenção à contaminação.

A OMS decreta que uma doença é pandemia para alertar que todos os países estão sob risco de contágio e devem seguir as medidas indicadas para conter o crescimento da contaminação.

Quais as diferenças entre pandemia, epidemia, endemia e surto?

É comum que essas palavras sejam usadas como sinônimos quando falamos em doenças altamente contagiosas e que se espalham rapidamente, mas elas são diferentes.

A pandemia é uma doença que se espalha rapidamente pelo seu alto poder de contágio. Pode atingir grandes proporções e ultrapassar fronteiras, atingindo vários países.

A epidemia é a ocorrência de uma doença contagiosa dentro de um mesmo país. É caracterizada por um número maior de casos da doença, que supera os números de contágio esperados pelas organizações de saúde.

Contaminações por dengue são um exemplo de epidemia no Brasil, pois a doença já atingiu diferentes regiões do país.

Em resumo, essa classificação não considera que uma seja mais grave que a outra. A principal diferença entre pandemia e epidemia é a extensão geográfica que a contaminação alcança. Na pandemia, o surto atinge vários países diferentes e na epidemia a doença fica concentrada em um só país.

endemia se refere a doenças que atingem um determinado local com frequência. Nesse caso a doença não se espalha com facilidade e fica restrita a contaminar os habitantes dessa região.

Os casos de febre amarela registrados no Brasil, principalmente na região Norte, são um exemplo de doença endêmica.

No surto os casos de contaminação ficam restritos a uma região bem delimitada e o crescimento do número de casos de contaminação é maior do que o esperado pelas autoridades de saúde.

Uma contaminação de sarampo que atinge somente uma escola é um exemplo de surto.

Pandemia Epidemia Endemia Surto
Pode se espalhar por todo mundo Se espalha pelo território de um país Contaminação em uma região Contaminação em um local restrito
Pode ter uma duração estendida Em geral tem curta duração Pode ter curta duração, acontece em ciclos Em geral tem curta duração

Veja também o significado de quarentena.

7 exemplos de pandemias que marcaram o mundo

  • Peste negra: a peste negra (ou peste bubônica) atingiu o continente europeu no século XIV. Não existem registros dos números exatos, mas estima-se que a peste negra pode ter matado até 200 milhões de pessoas em 10 anos.
  • Gripe espanhola: entre os anos de 1918 e 1920 a gripe espanhola causou a morte de aproximadamente 50 milhões de pessoas. O contágio da doença chegou quase à metade da população mundial.
  • Gripe asiática: atingiu o Continente Asiático na década de 1950, principalmente na China. Calcula-se que entre 2 e 4 milhões de pessoas possam ter morrido pela contaminação dessa gripe.
  • Ebola: a pandemia do vírus ebola se espalhou por vários países do continente africano e matou pelo menos 10 mil pessoas entre 2014 e 2016. Estima-se que cerca de 30 mil pessoas tenham sido contaminadas no período.
  • Gripe H1N1: ficou conhecida popularmente como "gripe suína" e foi declarada pandemia pela OMS em 2009. A H1N1 pode ter contagiado cerca de 1 bilhão de pessoas e levou pelo menos 200 mil à morte em todo o mundo.
  • AIDS: a contaminação pelo vírus HIV é uma pandemia duradoura. Órgãos que acompanham o avanço da doença estimam que existam cerca de 38 milhões de pessoas infectadas no mundo.
  • Coronavírus (COVID-19): surgiu no fim do ano de 2019 e é causada pelo vírus Sars-Cov-2. Foi declarada como pandemia pela OMS no início de 2020 e já chegou a mais de 110 países.

Veja também o significado de epidemia e conheça mais sobre a peste negra e AIDS.

Data de atualização: 20/03/2020.