Significado de Serial Killer

O que é Serial Killer:

Serial killer é uma expressão em inglês que significa “assassino em série”, na tradução para a língua portuguesa.

A principal característica de um serial killer é a sequência de assassinatos que comete, seguindo, por norma, um determinado roteiro estabelecido, assim como uma “assinatura”, que caracteriza o seu crime.

De acordo com a psicologia, os serial killers apresentam perfis psicopatológicos, ou seja, são indivíduos clinicamente perversos e com graves distúrbios mentais.

Este perfil faz dos serial killers agentes conscientes de seus atos. No entanto, a vontade em saciar os seus desejos mórbidos é maior do que os sentimentos de compaixão e pena pela vítima.

Supostamente, o termo serial killer surgiu em 1840 em referência à história de um soldado francês que, durante o dia, vivia em sociedade e trabalhava normalmente, mas durante a noite invadia cemitérios para violar os mortos.

Reconhecimento de um serial killer

Para que um criminoso seja classificado como serial killer, este deve preencher alguns requisitos, como:

  • assassinato de duas ou mais vítimas em situações isoladas,
  • apresentar razões de cunho psicológico para seus crimes,
  • modus operandi (forma de agir) presente no crime,
  • presença de uma “assinatura” deixada pelo assassino,
  • em muitos casos, envolvimento com ações sádicas ou sexuais.

Normalmente, os serial killers apresentam um comportamento aparentemente normal, ou seja, trabalham, desempenham rotinas na sociedade e convivem com outros grupos sociais.

Por este motivo, estes criminosos são considerados sociopatas, pois vivem na sociedade de modo normal, mas conseguem, de repente, matar outras pessoas sem remorsos. Alguns psiquiatras acreditam que os serial killers possam ter duas personalidades.

Tríade MacDonald

A Tríade MacDonald é o nome dado a um conjunto de características que são apontadas no comportamento de crianças que podem apresentar um potencial como serial killer.

Os estudos ainda não são conclusivos, mas eles apontam que muitos serial killers manifestavam os seguintes comportamentos durante a infância:

  • obsessão por acontecimentos que envolvam incêndios,
  • hábito de fazer crueldades com animais,
  • ocorrência comum de urinar na cama à noite

Serial killers famosos

Alguns dos criminosos, após terem seus atos descobertos, transformaram-se em serial killers famosos no mundo, como é o caso de Charles Manson, líder de uma seita que matou diversas pessoas no fim da década de 1960.

Jack o estripador também se tornou um serial killer conhecido por atacar prostitutas em Londres, por volta de 1890. A marca de seus ataques era um corte na garganta das vítimas.

No Brasil, o "Bandido da Luz Vermelha", que cometeu diversos crimes em São Paulo na década de 1960, é um dos casos mais famosos de serial killer no país.

Outro caso conhecido é o "Maníaco do parque", que estuprou e matou seis mulheres em São Paulo em 1998. Também durante a década de 1990 o "Maníaco da bicicleta" foi condenado pelo estupro e morte de menos de dez crianças. 

Ver também o significado de Psicopata

Data de atualização: 07/03/2019.