Significado da Taxa Selic

Talita Carvalho
Talita Carvalho
Licenciada em Economia

O que é a Taxa Selic:

Taxa Selic é a taxa básica de juros da economia, ela é definida pelo Banco Central e é utilizada para controlar a inflação no país.

É chamada de taxa básica, pois é a referência para todas as outras taxas de juros da economia. Isso significa que todas as outras taxas de juros serão superiores à taxa Selic.

O valor da Selic é determinado pelas taxas de juros cobradas em operações realizadas entre os bancos, que oferecem títulos públicos como garantia.

O nome Selic significa Sistema Especial de Liquidação e Custódia, esse é o local onde ficam registrados esses títulos do Tesouro Nacional.

Existem duas taxas, a Selic over e a Selic meta. A taxa over é aquela que acontece na prática, a taxa meta é a meta para a taxa Selic, definida pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom).

Como funciona a Selic?

Diariamente os bancos realizam inúmeras operações financeiras, isto é, as pessoas depositam e sacam dinheiro de suas contas.

Mas o Banco Central determina que os bancos mantenham em caixa uma porcentagem de dinheiro todos os dias. Essa medida tem como objetivo evitar um excesso de dinheiro em circulação, o que causaria inflação.

Se ao final do dia, o caixa de algum banco estiver desequilibrado, ele precisa emprestar dinheiro de outros bancos para fechar as operações com a porcentagem exigida pelo Banco Central.

Esses empréstimos são realizados entre os próprios bancos e têm a duração de apenas um dia. No dia seguinte, os bancos que emprestaram retornam o montante para o banco que fez o empréstimo, acrescido de juros.

Para pegar esses empréstimos, os bancos oferecerem como garantia os títulos públicos, que pagam a taxa Selic. A taxa Selic, portanto, é a taxa de juros cobrada nesse mercado interbancário.

O que são títulos públicos?

Para obter recursos e realizar seus investimentos e pagamentos, o governo dispõe de dois mecanismos: a cobrança de impostos e a oferta de títulos públicos.

Títulos públicos são certificados de dívida que são emitidos pelo governo e podem ser adquiridos por pessoas e empresas como uma espécie de investimento.

Ao comprar um título público, uma pessoa está emprestando dinheiro ao governo que, após um tempo determinado, devolverá o montante emprestado acrescido de juros.

Como se define a taxa Selic?

A taxa Selic meta é definida pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom). Ela não é a taxa real, mas uma meta que deve ser perseguida.

Para que a taxa chegue próximo à meta, o Banco Central pode intervir no mercado, comprando e vendendo títulos públicos.

A taxa Selic meta é definida a cada 45 dias, isto é, 8 vezes ao ano. Para sua definição, são considerados aspectos como a conjuntura econômica, a taxa de câmbio, a inflação, as importações e exportações do país e o nível de atividade econômica.

A taxa Selic over é a taxa que acontece na prática. Ela é uma média ponderada das taxa de juros cobradas pelos bancos no empréstimos que realizam entre si.

Como a taxa Selic influencia na inflação?

A taxa Selic é a principal ferramenta para o controle da inflação no país. Isso porque, essa taxa irá influenciar em todas as outras taxas de juros da economia.

Isso significa que quando a taxa Selic aumenta, todas as outras taxa de juros - como para os empréstimos ou cheque especial - também aumentam. E quando a Selic diminui, todas as outras taxas de juros também diminuem.

Inflação alta

Quando o país está passando por um inflação, a média geral dos preços está subindo. Para conter essa elevação, o governo pode elevar a taxa de juros.

Com uma taxa de juros mais elevada, o empréstimo se torna mais caro, as empresas e famílias consomem menos e a demanda diminui.

Com menos crédito e dinheiro circulando na economia, se reduz a atividade econômica e os preços diminuem, reduzindo a inflação.

Inflação baixa

Quando a inflação está baixa, para aquecer a economia, o governo pode diminuir a taxa de juros. Com taxas de juros mais baratas, as pessoas e empresas realizam mais empréstimos.

Com mais dinheiro circulando na economia, aumenta a atividade econômica e o consumo. Com mais demanda, os preços se elevam e a inflação sobe.

Veja também o significado de economia, inflação e juros.

Data de atualização: 06/12/2019.

Talita Carvalho
Talita Carvalho
Formada em Economia pela Universidade Federal do Paraná e mestranda em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental pela Universidade do Estado de Santa Catarina.