Significado de Teúda e Manteúda

O que é Teúda e Manteúda:

Teúda e Manteúda é uma expressão existente na língua portuguesa arcaica e que significa o equivalente à "tida e mantida", no idioma contemporâneo. Estes termos são utilizados ainda hoje em um contexto jurídico, para definir pessoas que são sustentadas financeiramente por um indivíduo, na forma de "amantes".

Etimologicamente, teúda e manteúda teria origem na língua portuguesa a partir da expressão espanhola "mantenudo", que quer dizer "mantido".

Na linguagem popular, manteúda é uma mulher que é mantida financeiramente por um homem casado, sendo tratada como se fosse a segunda esposa. Já a palavra teúda, diferentemente de manteúda, define a mulher apenas como a amante, sem qualquer tipo de suporte financeiro do companheiro.

Ambas as palavras e seus significados, sejam eles em conjunto ou separados, possuem uma forte relação com o ato de infidelidade, traição e imoralidade - visto que, de acordo com o Código Civil nacional, o casamento deve ser baseado na obrigação de "guardar mutuamente fidelidade conjugal".

A expressão pode possuir um sentido pejorativo, sendo conotada como sinônimo de prostituição ou a ação de uma prostituta. No entanto, este tipo de interpretação de teúda e manteúda tem um caráter mais popular e social do que histórico, pois a figura da amante sempre foi associada pela sociedade como sendo uma prostituta.

A expressão teúda e manteúda esteve presente em romances e novelas, como Gabriela - telenovela inspirada no romance Gabriela, Cravo e Canela de Jorge Amado - e Tieta, escrita por Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares.

Data de atualização: 18/12/2014.