Significado do Triângulo das Bermudas

O que é o Triângulo das Bermudas:

O Triângulo das Bermudas é uma área do oceano Atlântico que se tornou famosa devido aos diversos desaparecimentos de navios e aeronaves que passaram pela região. Além das teorias sobrenaturais que tentam explicar os mistérios ocorridos na região, a principal explicação para os desaparecimentos são as condições climáticas adversas, como grandes ondas e fortes tempestades.

Onde fica o Triângulo das Bermudas?

O Triângulo das Bermudas, também conhecido como Triângulo do Diabo, está localizado no oceano Atlântico, na área triangular entre a Flórida (EUA), Porto Rico e as Ilhas Bermudas. Sua área não é exata, mas pode chegar a quase 4 mil km² - o tamanho depende da exata localização dos vértices do triângulo, que podem ser definidas de maneiras diferentes por cada cientista.

triângulo das bermudas

Histórias sobre o Triângulo das Bermudas

O primeiro registro de acontecimento raro nessa região, hoje conhecida como Triângulo das Bermudas, foi relatado por Cristóvão Colombo, em 1492. Ele escreveu em seu diário que naquela área sua bússola não funcionava adequadamente, ou seja, ela não apontava para o norte.

Essa imprecisão da bússola não é um fenômeno inexplicável, ela está relacionada à variação magnética da Terra, o que é de conhecimento dos navegadores experientes. Foram os desaparecimentos dos próximos séculos que alimentaram a curiosidade sobre os mistérios que acontecem nessa parte do oceano.

Em 1945 houve um dos primeiros misteriosos relatos de desaparecimento, quando 5 aviões da marinha americana, com 14 tripulantes, desapareceram ao sobrevoar o local. Um outro avião foi enviado para tentar localizá-los, mas este também desapareceu.

Outro caso famoso foi em 1951, quando um avião cargueiro dos Estados Unidos desapareceu dos radares e nunca mais foi encontrado, nele estavam 52 tripulantes. Também há relatos de embarcações que desapareceram e foram encontradas posteriormente, porém sem vestígios das tripulações.

Inúmeros casos de desaparecimento de aviões e navios foram relatados no Triângulo das Bermudas. Muitas teorias, e até mesmo conspirações, foram construídas para explicar esses mistérios.

Por que navios e aviões desaparecem?

Diversos livros e reportagens trataram o tema com bastante mistério e muitas explicações sobrenaturais foram dadas ao fenômeno. Extraterrestres, óvnis, forças sobrenaturais e até mesmo monstros submersos foram hipóteses para os desaparecimentos.

No entanto, acredita-se hoje que os incidentes na região são resultado de um conjunto de condições climáticas adversas. As duas principais explicações dos cientistas são as grandes ondas e o acúmulo de gás metano nas profundezas do oceano.

O Triângulo das Bermudas é uma área de convergência de tempestades e quando as condições climáticas são extremas, ondas de até 30 metros - chamadas vagalhões - podem se formar. A pressão dessas ondas é capaz de afundar um navio com facilidade.

Outra hipótese é a presença de bolhas de gás metano no oceano, que devido a fatores climáticos e geológicos, sobem para a superfície e provocam o afundamento dos navios ao reduzir a densidade da água. Essas bolhas também poderiam ser liberadas na atmosfera, o que poderia causar uma explosão em caso de contato com faíscas do motor de aeronaves.

É perigoso passar pelo Triângulo das Bermudas?

Inúmeros navios, barcos e aviões passam por essa região todos os dias e, inclusive, muitos cientistas dizem que a probabilidade de desaparecimentos no Triângulo das Bermudas é semelhante à de qualquer outra região do mundo.

As discussões mais recentes sobre esses eventos concluem que os desaparecimentos, além de serem resultado de condições naturais extremas na região, também estão relacionadas à erros humanos, falta de preparo técnico e não cumprimento de regras de navegação.

Veja também o significado de tempestade e meio ambiente.

Data de atualização: 04/03/2019.