Significado de OTAN

Compartilhar no Facebook

O que é OTAN:

OTAN é a sigla para Organização do Tratado do Atlântico Norte, uma aliança político-militar criada no dia 4 de abril de 1949, durante a Guerra Fria, que reunia países ocidentais e capitalistas, liderados pelos Estados Unidos.

A OTAN tinha por objetivos inibir o avanço do bloco socialista no continente europeu, fazendo frente a União Soviética e seus aliados da Europa oriental e fornecer ajuda mútua a todos os países membros.

Doze países assinaram inicialmente o tratado de sua formação: Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França, Bélgica, Islândia, Países Baixos, Luxemburgo, Dinamarca, Noruega, Finlândia, Portugal e Itália. Mais tarde, aderiram à organização a Grécia, Turquia, Alemanha Ocidental e Espanha.

Em contrapartida, a União Soviética e a Europa oriental (grupo socialista) formaram em 1955, o Pacto de Varsóvia, com o objetivo de proteger o regime socialista e expandir sua área de influência. Porém, em 1991, com a desintegração do bloco socialista e o fim da União Soviética, o pacto foi dissolvido, fato que fortaleceu a OTAN, que em 1999, atraiu países do Leste Europeu, como a República Tcheca, Hungria, Albânia e Croácia.

Com a nova ordem mundial, surgiu necessidade de se redefinir o papel da OTAN, assim, seu objetivo hoje é garantir a base da política de segurança de toda a Europa e da América do Norte.

Hoje, integram a OTAM os seguintes países: Estados Unidos, Canadá, Bélgica, Dinamarca, França, Holanda, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Reino Unido, Grécia, Alemanha, Espanha, Polônia, República Tcheca, Hungria, Bulgária, Estônia, Letônia, Lituânia, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, Croácia, Albânia, Turquia e Macedônia.

O significado de OTAN está nas categorias: Geral, Siglas