Significado de Analogia

Compartilhar no Facebook

O que é Analogia:

Analogia é uma relação de semelhança estabelecida entre duas ou mais entidades distintas. O termo tem origem na palavra grega “analogía” que significa “proporção”.

Pode ser feita uma analogia, por exemplo, entre cabeça e corpo e entre capitão e soldados. Cabeça (cérebro) e capitão são duas entidades análogas. Possuem função semelhante que, neste caso, é comandar, dar ordens. De igual forma, corpo e soldados exercem a mesma função que é obedecer às ordens.

Na Filosofia, a analogia é uma forma de averiguar o porquê da semelhança entre objetos ou ideias. Na Gramática, a analogia é um fenômeno responsável pela criação de uma nova forma linguística, consiste na razão da formação de algumas palavras.

Analogia em Biologia

Em Biologia, analogia e homologia são termos relacionados com a evolução das espécies.  Componentes análogos são aqueles que apesar de terem procedência e constituição diferentes, apresentam uma semelhança a nível morfológico ou funcional.

Estruturas análogas são aquelas que desempenham a mesma função mas possuem diferente origem embriológica, por exemplo, a asa de uma ave e a asa de um inseto (voar é função semelhante). O inverso acontece com as estruturas homólogas, por exemplo, o braço do homem e a pata dianteira de um cão, são espécies diferentes mas com origem em um ancestral comum.

Analogia no direito

No âmbito jurídico, a analogia é um método de integração das lacunas da lei. Ocorre analogia quando é feita uma comparação entre casos diferentes mas com um problema parecido para surgir a mesma resposta. A analogia tem como base o principio da igualdade jurídica, e também afirma que deve haver a mesma solução para o mesma infração ou razão da lei.

Em alguns casos, a analogia não é aplicável, como no direito penal (a não ser no caso in bonam partem); na fiança; em leis fiscais; em negócios jurídicos (e na renúncia).

O significado de Analogia está na categoria: Geral