Significado de Figuras de Linguagem

Compartilhar no Facebook

O que são Figuras de Linguagem:

As figuras de linguagem são recursos usados na fala ou na escrita para tornar mais expressiva a mensagem transmitida. É muito importante saber identificar as diversas figuras de linguagem, porque desta forma é possível compreender melhor diferentes textos. Compreender e saber usar figuras de estilo nos capacita a usar de forma mais eficaz a linguagem como fenômeno social e nos ajuda a vislumbrar o simbolismo de algumas conversas e obras escritas.

Algumas mais usadas podem ser divididas em:

Figuras de Palavras

Catacrese: emprego de uma palavra no sentido figurado por não haver um termo próprio. Ex.: a perna dos óculos.
Metáfora: estabelece uma relação de semelhança ao usar um termo com significado diferente do habitual. Ex.: A menina é uma flor.
Comparação: parecida com a metáfora, a comparação é uma figura de linguagem usada para qualificar 1 característica parecida entre dois ou mais elementos. No entanto, no caso da comparação, existe uma palavra de conexão (como, parecia, tal, qual, assim, etc). Ex: "O olhar dela é como a lua, brilha maravilhosamente.".
Metonímia: substituição lógica de uma palavra por outra semelhante. Ex.: Beber um copo de vinho.
Onomatopeia: imitação de um som. Ex.: trrrimmmmm (telefone)
Perífrase: uso de uma palavra ou expressão para designar algo ou alguém. Ex.: Cidade Luz (Paris)
Sinestesia: mistura de diferentes impressões sensoriais. Ex.: o doce som da flauta

Figuras de Pensamento

Antítese: palavras de sentidos opostos. Ex.: bom/mau
Paradoxo: referente a duas idéias contraditórias em uma só frase ou pensamento. Ex: "Ainda me lembro daquele silêncio ensurdecedor."
Eufemismo: intenção de suavizar um fato ou atitude. Ex.: Foi para o céu (morreu)
Hipérbole: exagero intencional. Ex.: morto de sono
Ironia: afirmação contrária daquilo que se pensa. Ex.: É um santo! (para alguém com mau comportamento)
Prosopopeia ou Personificação: atribuição de predicativos próprios de seres animados a seres inanimados. Ex.: O sol está tímido.

Figuras de Construção

Aliteração: repetição de um determinado som nos versos ou frases. Ex: o rato roeu a roupa...
Anacoluto: alteração da construção normal da frase. Ex.: O homem, não sei o que pretendia.
Anáfora: repetição intencional de uma palavra ou expressão para reforçar o sentido. Ex.: “Noite-montanha. Noite vazia. Noite indecisa. Confusa noite. Noite à procura, mesmo sem alvo.” (Carlos Drummond de Andrade)
Elipse: omissão de um termo que pode ser identificado facilmente. Ex.: no trânsito, carros e mais carros. (há)
Pleonasmo: repetição de um termo, redundância. Ex.: subir para cima
Polissíndeto: repetição da conjunção entre os termos da oração. Ex.: “nem o céu, nem o mar, nem o brilho das estrelas”
Zeugma: omissão de um termo já expresso anteriormente. Ex: Ele gosta de Inglês; eu, (gosto) de Alemão.

O significado de Figuras de Linguagem está na categoria: Geral