Significado de Sujeito

O que é o Sujeito:

Sujeito é a parte de uma oração que interage diretamente com o verbo (salvo raras exceções), de acordo com a análise sintática. Em suma, consiste na função sintática daquilo que o restante da oração se refere.

Normalmente, para conseguir encontrar o sujeito na oração, aconselha-se fazer algumas "perguntas básicas" ao verbo da frase: “quem?”, “quê?” ou “o quê?”, por exemplo.

Sujeito - exemplo1.

A partir do exemplo acima ainda é possível identificar outra parte importante na análise sintática: o núcleo do sujeito. Neste caso, o núcleo é “o menino”, pois é este que realiza a ação de comer o sorvete e não o “meu bairro”.

Na oração, um sujeito pode ser representado por: pronomes pessoais, substantivos, pronomes demonstrativos, pronomes relativos, pronomes interrogativos, pronomes indefinidos, numerais, entre outras classes gramaticais.

Do ponto de vista da ordem direta de uma oração, o sujeito aparece sempre antes do predicado. Mas, em alguns casos, também pode surgir depois ou intercalado (no meio) do predicado.

Ver também: significado de Classe Gramatical.

Tipos de sujeitos

Sujeito simples

O sujeito de uma oração é simples quando o seu núcleo é formado por apenas uma palavra relacionada ao verbo.

Sujeito simples - exemplo

Sujeito composto

Quando há dois ou mais núcleos do sujeito que estejam relacionados com o verbo.

Sujeito composto - exemplo

Sujeito indeterminado

Quando não se consegue identificar claramente o sujeito da oração. Neste caso, por norma, acompanham verbos na 3º pessoa do plural (sem referências anteriores), verbos na 3º pessoa do singular acompanhados da partícula “se”, e verbos no infinitivo impessoal.

sujeito indeterminado - exemplo

Sujeito oculto (ou desinencial)

Quando o sujeito não está presente na oração, mas pode ser facilmente identificado por desinência verbal ou por já ter sido referido numa oração anterior.

sujeito oculto - exemplo

Sujeito inexistente

Em alguns casos o sujeito simplesmente não existe. Por norma, consistem em orações formadas por verbos impessoais e sempre conjugados na 3º pessoa do singular.

Os verbos impessoais, normalmente, indicam fenômenos atmosféricos e da natureza (nevar, chover, ventar e etc); ou o verbo fazer (indicando tempo decorrido) e o verbo haver (no sentido de tempo decorrido ou de existir).

Sujeito e Predicado

Ambos são partes essenciais de uma oração. O sujeito, como dito, consiste na parte da qual a oração se refere, concordando diretamente com o verbo.

Por outro lado, o predicado é o resultado do que acontece com o sujeito, ou seja, que informa algo sobre ele. É formado obrigatoriamente por um verbo ou por uma locução verbal.

O predicado pode ser dividido em: nominal, verbal e verbo-nominal.

Data de atualização: 21/12/2016.