Significado de Enem

O que é Enem:

Enem é a sigla de Exame Nacional do Ensino Médio e foi criado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) para testar o nível de aprendizado dos alunos que concluíram o ensino médio no Brasil.

Atualmente, os resultados obtidos no Enem ajudam os estudantes a ingressar em universidades públicas ou a ganhar bolsas de estudos em instituições particulares.

Criado em 1998, o Enem é o maior processo seletivo a nível nacional do Brasil, abrangendo aproximadamente mais de 7 milhões de candidatos inscritos para a realização das provas.

Finalidade do Enem

Além de ajudar o governo a traçar um parâmetro de comparação sobre a qualidade do ensino médio brasileiro, o resultado obtido no Enem também pode ser utilizado para que o concursando possa ingressar no ambiente universitário, através de várias possibilidades.

O Enem também é uma “chave” para aqueles que desejam estudar no exterior. Algumas universidades públicas de Portugal, como a Universidade de Coimbra, por exemplo, aceitam a nota do Enem como critério para alguns cursos.

Universidade de CoimbraUniversidade de Coimbra (Fonte: Fotografia: © UC | Bruna Grassi)

O programa de intercâmbio Ciência Sem Fronteiras, criado pelo governo federal, também utiliza a média do Exame para selecionar os alunos aptos a participar do projeto.

Todas as universidades públicas e institutos federais do Brasil utilizam a nota do Enem como critério para selecionar os alunos que irão ocupar as vagas disponíveis em todos os cursos.

Quem pode fazer o Enem?

Podem participar do Enem os estudantes que estão concluindo o último ano do ensino médio ou aqueles que já o concluíram.

Além disso, é importante referir que aqueles que não tiverem 18 anos completos no dia da prova não poderão utilizá-la como forma de ingresso ou bolsa em instituições.

Os participantes com esse perfil são chamados de treineiros, pois a prova servirá apenas de treino.

No caso de o interessado em fazer a prova estar cumprindo medidas ou penas que o privem de liberdade, ele deve aguardar um edital específico para sua categoria.

A realização do Enem não é obrigatória para que o estudante possa concluir o ensino médio. No entanto, é essencial para aqueles que desejam seguir seus estudos na universidade.

Como fazer a inscrição do Enem?

símbolo do Enem

As inscrições para a prova do Enem devem ser feitas online, através do site https://enem.inep.gov.br/participante/#!/inicial.

Existe uma taxa de inscrição, cujo valor pode variar de ano a ano, a ser paga pelos candidatos.

Eventualmente, os candidatos podem ficar isentos desse pagamento se reunirem algumas condições como, por exemplo, ter sido aprovado no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), fazer parte de uma família com renda por pessoa de até meio salário mínimo, inscrita no Cadastro Único do governo federal, etc.

Etapas do Enem

No total, o Exame Nacional do Ensino Médio é divido em quatro provas objetivas, com 45 questões de múltipla escolha e uma redação.

As provas são classificadas em áreas do conhecimento e componentes curriculares:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Sociologia e Filosofia).
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Química, Física e Biologia).
  • Matemáticas e suas Tecnologias (Matemática).
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira.
  • Educação Física, Artes e Tecnologias da Informação e Comunicação).

Na redação, o candidato deve apresentar as quatro competências exigidas:

  • “Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita”.
  • “Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista”.
  • “Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos”.
  • “Demonstrar conhecimentos dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação”.

Nota de corte do Enem

A nota de corte do Enem é a nota mínima necessária para que um candidato possa ser aprovado em um dos programas do governo de acesso ao Ensino Superior

As notas de corte podem variar de acordo com a instituição e/ou com o curso pretendido pelo candidato.

O candidato que fez a prova pode consultar o simulador de notas de corte do Enem em https://www.educamaisbrasil.com.br/programas-do-governo

Através da simulação, é possível saber em quais faculdades e cursos o candidato pode ingressar tendo em conta a sua nota.

Enem e Sisu

Para auxiliar no processo de seleção do Enem, foi criado o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), onde o candidato, a partir da média obtida no Exame Nacional do Ensino Médio, consegue concorrer a uma vaga em um curso de graduação em qualquer universidade pública federal (e algumas estaduais) do país.

A universidade possui total autonomia para decidir como a nota do Enem será utilizada neste processo, seja como requisito para uma primeira fase no processo (tendo o candidato que se submeter a uma outra prova desenvolvida pela universidade à qual se candidata), ou como critério único para ocupação das vagas.

Veja o significado de Sisu.

Enem e Prouni

A nota do Enem também é a base para a participação no Programa Universidade para Todos (ProUni), criado pelo governo federal.

O ProUni reserva bolsas de estudo, parciais e integrais, para os estudantes que tenham obtido uma boa média no Enem e que tenham estudado em escolas públicas (ou com bolsa de estudo em escolas particulares) durante todo o ensino médio.

Veja também o significado de vestibular.

Data de atualização: 01/03/2019.