Capex e Opex

O que são capex e opex?

Capex e Opex são termos utilizados pelas empresas no planejamento de seus investimentos. Capex refere-se às despesas em bens de capital e opex diz respeito às despesas operacionais.

Capex é a abreviação do termo da língua inglesa “capital expenditure”, que significa despesas de capital. As despesas de capital são os investimentos em máquinas, equipamentos e imóveis.

Opex vem da palavra “operational expenditure”, que significa despesas operacionais. Alguns exemplos dessas despesas são aluguéis, serviços de manutenção, seguros e a folha de pagamento.

Quando uma empresa faz um investimento, ela busca aumentar a sua capacidade de gerar lucro. Capex e opex são formas de fazer investimentos e a empresa irá optar pela modalidade que se adéque melhor às suas necessidades.

O que é Capex?

Quando uma empresa opta pelo capex, ela compra bens do quais se torna dona. Nesse caso, os bens adquiridos passam a fazer parte do patrimônio da empresa.

Exemplos de investimento em capex:

  • Imóveis e terrenos;
  • Máquinas;
  • Computadores;
  • Veículos.

Suponha que uma fábrica de sapatos deseja aumentar a sua capacidade de produção para vender em novos mercados. Para isso, ela adquire novas máquinas e computadores.

As máquinas e os computadores se tratam de despesas do tipo capex, pois são bens de capital que se tornam propriedade da empresa.

Entenda mais sobre bens de capital.

O que é Opex?

Quando uma empresa opta por opex, ela não se torna a dona de um bem, ela paga pela utilização de um serviço ou pela utilização de um bem por tempo determinado.

Exemplos de investimento em opex:

  • Aluguel de máquinas e equipamentos;
  • Contratação de software como serviços;
  • Despesas com publicidade;
  • Despesas em matéria-prima.

Utilizando o mesmo exemplo da fábrica de sapatos, vamos supor que a empresa quer aumentar a produção, mas não pode ou não deseja gastar um valor muito alto para adquirir novas máquinas e computadores.

Ao invés de comprá-los, ela opta por alugar esses equipamentos, assim ela não gasta todos os seus recursos de uma só vez. Ela pagará mensalmente o aluguel, pelo tempo determinado no contrato.

Ao final desse período, ela pode renovar o contrato ou devolver os equipamentos para a empresa que os forneceu.

Diferença entre capex e opex

A diferença entre capex e opex é a forma como o investimento será realizado pela empresa que deseja aumentar seus lucros.

Um exemplo simples para entender a diferença entre capex e opex são os filmes. Até alguns anos atrás, as pessoas compravam DVDs, que eram objetos físicos e que passavam a pertencer ao comprador.

Hoje, compra-se o serviço de streaming de filmes, o que é pago em parcelas mensais. A partir do momento que a pessoa deixar de pagar, ela não terá mais aquele serviço.

Considere o exemplo de uma empresa que precisa de mais equipamentos, mas tem pouco dinheiro em caixa para gastar. Nesse caso, a empresa pode optar por opex e alugar os equipamentos.

Assim, além de não imobilizar um montante elevado de dinheiro, o que poderia prejudicar a saúde financeira do negócio, ela não precisa se preocupar com a manutenção dos equipamentos, responsabilidade da empresa contratada.

Capex ou opex: qual a melhor opção?

Atualmente, a tendência entre as empresas é migrar de capex para opex devido às vantagens de investir em despesas operacionais. Uma das vantagens de investir em opex, é a empresa não precisar usar um montante muito grande de dinheiro para as novas aquisições.

Quando um montante muito grande de dinheiro é utilizado em uma aquisição, ele deixa de ser utilizado em outras operações da empresa, como pagamento de funcionários e fluxo de caixa. No jargão financeiro, isso se chama imobilização de capital.

Outra desvantagem do capex é que a empresa que adquire os equipamentos deve se responsabilizar pela manutenção dos mesmos. Já no caso do aluguel, a responsabilidade pela manutenção e reparo dos equipamentos é da empresa contratada.

O opex também tem uma vantagem tributária. Quando um bem de capital é adquirido, a sua dedução nos impostos acontece ao longo da vida útil do bem. No caso das despesas operacionais, por outro lado, a dedução é toda feita no ano da realização.

Isso não significa que o opex seja sempre a melhor opção. Para decidir entre os dois modelos de investimento, a empresa deve considerar suas características, condição financeira e planejamento para o futuro.

Veja também: obsolescência.

Atualizado em