70 qualidades e defeitos de uma pessoa

Igor Alves
Revisão por Igor Alves
Professor de Língua Portuguesa

Todas as pessoas têm características positivas e negativas, que podem variar de acordo com seu estado de espírito ou a situação. Há qualidades e defeitos que, aos olhos de uns, podem ser características boas ou ruins. Vejamos 35 qualidades e 35 defeitos de uma pessoa que se aplicam a diversos contextos da vida, seja familiar ou profissional.

35 qualidades

Determinação

Ser determinado é ser firme nos seus propósitos. O lema da pessoa determinada é “Missão dada, missão cumprida”.

Resiliência

Resiliência é a qualidade de resistir com firmeza às adversidades da vida. É uma qualidade muito bem vista no campo profissional.

Leia mais sobre resiliência.

Cordialidade

Ser cordial é o mesmo que ser delicado, amável e gentil com as outras pessoas. A cordialidade é uma qualidade desejável em todos os âmbitos da vida.

Paciência

Nem tudo sai do modo como a gente quer. E nem tudo acontece quando a gente quer. A pessoa paciente não se desespera diante dessas dificuldades da vida.

Inteligência

Embora a inteligência seja associada às qualidades mentais, existem diversos tipos de inteligência: a inteligência emocional, corporal, interpessoal, lógica, etc. Quando se trata de inteligência, nem tudo se resume a cálculos matemáticos e conhecimentos literários. Saber se relacionar com os outros é um tipo de inteligência.

Responsabilidade

A pessoa responsável é aquela que age pensando nas consequências dos seus atos e assume a responsabilidade por eles. Espera-se que um cidadão seja responsável, já que seus atos interferem na coletividade.

Sinceridade

Ser sincero é ser adepto da franqueza, da honestidade. Em todas as relações sociais, seja a nível profissional ou pessoal, a sinceridade é vista como uma qualidade indispensável.

Leia mais sobre sinceridade.

Desenvoltura

Desenvoltura é a qualidade da pessoa desinibida, desembaraçada. Uma pessoa desenvolta se mostra à vontade nas mais diversas situações. Em alguns casos, o excesso de desenvoltura pode ser confundido com audácia ou atrevimento.

Bom humor

Não é fácil estar bem-humorado sempre, mas é verdade que o bom humor é uma qualidade bastante elogiada nas pessoas.

Zelo

Zelo é cuidado, dedicação. Um funcionário que executa com interesse e esmero uma atividade é um funcionário zeloso. Um namorado dedicado é um namorado zeloso.

Humildade

Talvez nem todos concordem que a humildade é uma qualidade, já que, em algumas situações, a pessoa humilde pode parecer inferior ou submissa. De todo modo, costumam-se elogiar pessoas modestas, que sabem reconhecer seus próprios defeitos e deslizes.

Pontualidade

Ser pontual é uma qualidade desejável sobretudo no âmbito profissional. Chegar na hora é mostrar-se interessado, zeloso, responsável.

Solicitude

Uma pessoa solícita é cuidadosa, atenciosa e zelosa naquilo que faz. Exemplo: um garçom atento ao que se passa no salão e sempre disponível é um garçom solícito.

Simpatia

Ser simpático é ser amável, gentil e delicado com o outro. A simpatia é uma qualidade desejável em qualquer situação. No mundo do trabalho, é uma virtude esperada em quem ocupa funções de atendimento ao público.

Companheirismo

Companheirismo é o mesmo que lealdade ou camaradagem. Pode existir companheirismo entre irmãos, namorados, amigos ou colegas de trabalho.

Eficiência

A eficiência é uma qualidade muito associada ao ambiente profissional, onde é desejável que as pessoas executem tarefas de forma ágil e eficaz.

Comunicabilidade

Comunicabilidade é a qualidade de quem se comunica de forma eficiente. Uma pessoa comunicativa é aquela que demonstra desenvoltura nas suas interações, sejam orais ou escritas.

Honestidade

Trata-se de uma virtude humana inestimável. Ser honesto é ser sincero, correto, franco. É agir de acordo com a verdade, sem enganar nem distorcer os fatos. A honestidade gera confiança e credibilidade.

Empatia

Ser empático é ser capaz de se identificar com o outro, de compreender suas razões e seus sentimentos. Ao se colocar no lugar do outro, é possível ver o mundo sob uma nova perspectiva.

Leia mais sobre empatia.

Empreendedorismo

Uma pessoa com espírito empreendedor é aquela que, diante de uma oportunidade, consegue criar e executar ideias inovadoras que visem suprir determinadas necessidades. Ser empreendedor é ser antenado e criativo ao mesmo tempo.

Organização

Essa qualidade é subjetiva, já que ser "organizado” pode significar diversas coisas. Há pessoas que se dão muito bem na própria desorganização. Organizar é o mesmo que arrumar (coisas ou ideias) com vistas a um determinado fim. A melhor maneira de fazer isso pode variar bastante.

Respeito

Tratar alguém com respeito é demonstrar consideração pela outra pessoa. Um possível sinônimo para respeito é civilidade. Ser respeitoso é ser bem-educado, é tratar as outras pessoas, independentemente de quem sejam, da melhor forma possível.

Leia mais sobre respeito.

Tranquilidade

Mais do que uma qualidade, a tranquilidade é um estado de espírito. Estar calmo, sereno, em paz consigo mesmo, é uma dádiva bastante requisitada nos dias de hoje.

Dedicação

A dedicação é uma qualidade desejável em várias esferas da vida, seja profissional ou afetiva. Uma pessoa dedicada é aquela que se empenha em favor de uma tarefa, um trabalho, uma ideia, uma pessoa, etc.

Coragem

Uma pessoa corajosa não é necessariamente aquela que se arrisca, mas quem demonstra firmeza de ânimo, seja para vencer obstáculos ou para conseguir aquilo que quer.

Atenção

Estar atento é manter-se focado, a fim de executar uma tarefa ou compreender alguma coisa. A atenção também pode ser definida como o cuidado que se tem com alguém (sinônimo de zelo).

Autenticidade

A autenticidade está associada à honestidade e à originalidade. Um indivíduo autêntico é aquele que se apresenta aos demais da forma como é, sem dissimulação ou falsidade.

Benevolência

Uma pessoa benevolente é bondosa, bem-intencionada. É aquela que se mostra disposta a promover o bem-estar e a felicidade dos outros.

Disponibilidade

Numa rotina cheia de compromissos, quase todos eles inadiáveis, nem sempre é fácil estar disponível, ou seja, com tempo livre. Em entrevistas de emprego, por exemplo, é comum o entrevistador querer saber a disponibilidade do entrevistado, isto é, se tem disponibilidade imediata, se está disponível todos os dias da semana ou só parcialmente, etc.

Criatividade

Ser criativo é ter a capacidade de inventar coisas, ter ideias inovadoras ou desenvolver soluções novas para determinados problemas. A criatividade é uma qualidade muito valorizada no mundo do trabalho e faz parte das características de um indivíduo empreendedor.

Altruísmo

A pessoa altruísta é generosa, ela ajuda o próximo de forma genuína, sem interesse. Essa qualidade está muito relacionada à caridade e à filantropia. É o oposto do egoísmo e do individualismo.

Leia mais sobre altruísmo.

Ousadia

A ousadia é uma característica subjetiva. Como qualidade, caracteriza pessoas que enfrentam as mais diversas situações da vida com coragem e audácia. Porém, também pode ser enxergada como um defeito, pois pessoas ousadas às vezes são atrevidas e petulantes.

Produtividade

Capacidade de produzir, de dar resultados. Ser produtivo é saber utilizar o tempo disponível para executar tarefas. É uma das qualidades mais valorizadas no mundo empresarial.

Independência

Essa qualidade tem a ver com a capacidade de agir por conta própria de forma responsável. É sinônimo de autonomia.

Otimismo

Nem sempre é fácil ser otimista, mas essa é uma característica que costuma ser elogiada nas pessoas. Ser otimista é ver as coisas pelo lado bom e acreditar que tudo vai dar certo, ainda que haja motivos para crer no contrário.

Veja também: Qualidades de uma pessoa.

35 defeitos

Impaciência

Por um lado, a impaciência pode ser até positiva, já que pressupõe uma ânsia de ver algo acontecer ou dar certo. Mas, como diz o ditado, a pressa é inimiga da perfeição. E a afobação, em muitos casos, pode atrapalhar bastante.

Insensatez

Insensatez é a falta de bom senso. O insensato é o indivíduo que age de forma pouco razoável e toma decisões sem refletir muito nas consequências.

Autoritarismo

O autoritarismo é péssimo em todos os níveis da vida, seja no âmbito familiar ou profissional. A pessoa autoritária usa de seu poder para subjugar os outros, fazendo valer suas decisões ou seus pontos de vista.

Irresponsabilidade

Ser irresponsável é não pensar nas consequências dos seus atos, podendo, com isso, prejudicar a si mesmo e outras pessoas.

Avareza

Avareza é o excesso de apego ao dinheiro ou a bens materiais. O avarento é mesquinho, “mão de vaca”, pouco ou nada generoso e não gosta de compartilhar suas coisas com os outros.

Leia mais sobre avareza.

Brutalidade

Uma pessoa bruta é estúpida, grosseira, ríspida, desequilibrada e, em casos extremos, violenta.

Chatice

Chatice é uma característica bastante subjetiva. Algo pode ser chato para uns e legal para outros. Chata é uma pessoa ou coisa aborrecedora, que importuna ou provoca tédio.

Mentira

Por mais que se possa sair em defesa da mentira em algumas situações da vida, de modo geral a mentira é encarada como um defeito. Ser pego na mentira, como se diz, pode arruinar a credibilidade de uma pessoa.

Irritabilidade

Ficar irritado é ficar nervoso ou com raiva de alguém ou de determinada situação. Há dias em que não faltam motivos para ficarmos irritados, seja em casa, na escola, no trabalho. Saber lidar com a irritação é uma virtude desejável.

Comodismo

Comodismo é a falta de empenho para atingir objetivos ou buscar coisas novas. Uma pessoa acomodada é aquela que, mesmo numa situação ruim, prefere ficar onde está.

Covardia

Há dois sentidos para covardia, e ambos são encarados como aspectos negativos. Numa primeira acepção, covardia é sinônimo de timidez, de falta de coragem. Num outro sentido, é sinônimo de deslealdade.

Crueldade

A crueldade talvez seja o pior dos defeitos desta lista. Ser cruel é ser desumano. É praticar a maldade, sem consideração pelos direitos e sentimentos do outro. É o oposto da benevolência.

Negligência

Negligência é o desleixo ou a falta de cuidado com alguém ou alguma coisa. Pode-se ser negligente, por exemplo, no exercício do trabalho.

Leia mais sobre negligência.

Desonestidade

Desonestidade é a falta de sinceridade ou integridade. Uma pessoa conhecida por atos desonestos não inspira confiança nos demais.

Desrespeito

O desrespeito é a falta de consideração pelas outras pessoas. Uma pessoa desrespeitosa age com desprezo pelo outro, geralmente praticando ofensas verbais ou físicas.

Desequilíbrio

Enquanto defeito, o desequilíbrio pode ser entendido como instabilidade ou descontrole emocional.

Teimosia

A teimosia nem sempre é ruim. Às vezes só conseguimos chegar a algum resultado com muita teimosia (obstinação). Mas há ocasiões em que a teimosia (ou birra) é prejudicial tanto para o teimoso quanto para as pessoas próximas.

Arrogância

Uma pessoa arrogante é aquela que tende a supervalorizar as próprias características, ao mesmo tempo que menospreza as características dos outros. O arrogante é orgulhoso, presunçoso ou, como se diz, “nariz em pé”.

Leia sobre orgulho.

Inflexibilidade

A pessoa inflexível não se abre para mudanças, mantendo-se fixa numa mesma ideia. Para utilizar uma expressão popular, o inflexível é aquele que não tem “jogo de cintura”.

Antipatia

Agir com antipatia é ser desagradável e gerar no outro um sentimento de aversão ou repulsa. Quem tem propensão à antipatia não consegue ou não faz questão de agradar as outras pessoas.

Apatia

Apatia é sinônimo de indiferença ou falta de ânimo. O oposto do apático é o prestativo, aquele que sempre se mostra disposto a agir.

Leia mais sobre apatia.

Intolerância

A intolerância é um mal que ainda caracteriza as sociedades. Há diversos tipos de intolerância: religiosa, política, racial, etc. Ser intolerante é não aceitar as diferenças, sejam elas quais forem.

Leia mais sobre intolerância.

Desorganização

O que vale para a organização vale para seu antônimo: trata-se de algo bastante subjetivo, isto é, que pode variar de pessoa para pessoa. De modo geral, a desorganização está relacionada a uma confusão ou falta de arrumação que atrapalha nossa vida.

Discriminação

Discriminação tem a ver com intolerância. É um tipo de comportamento que impõe um tratamento prejudicial a pessoas ou grupos a partir de algum critério, que pode ser racial, étnico, sexual, religioso, político, etc.

Leia mais sobre discriminação.

Agressividade

Num sentido figurado, a agressividade pode até ser encarada com bons olhos, já que às vezes está associada à combatividade e à “fome” de atingir objetivos. Nesse sentido, um comportamento agressivo pode ser algo positivo. No entanto, num sentido mais frequente, agressividade se confunde com hostilidade, ofensa, violência, e aí, sim, é um defeito.

Dissimulação

Dissimulação é o mesmo que fingimento. Portanto, quem age com a intenção de dissimular procura disfarçar alguma coisa com o objetivo de enganar a outra pessoa.

Egoísmo

Oposto de altruísmo, o egoísmo é o excesso de valorização de si mesmo e dos próprios interesses, em detrimento dos interesses das outras pessoas. Por mais que o mundo profissional, extremamente competitivo, muitas vezes estimule comportamentos egoístas, o amor exclusivo aos próprios interesses costuma ser visto como um defeito.

Distração

Distrair-se nem sempre é um defeito. Depende da situação. Será que podemos exigir de uma pessoa, num momento de descanso ou de férias, que ela seja atenta? No entanto, numa situação de trabalho, por exemplo, a distração não costuma ser vista com bons olhos.

Falsidade

Ser falso é mentir, ou seja, distorcer a verdade com a finalidade de fraudar, enganar, falsificar, caluniar, etc.

Desmotivação

A desmotivação é a falta de interesse ou indiferença em relação a alguma coisa. É o estado de espírito de quem não é capaz de agir ou tomar a iniciativa.

Ganância

Ganância é a ambição excessiva pelo lucro, pelo dinheiro ou pelas coisas materiais. Uma pessoa também pode ter ganância pelo poder, seja ele político ou econômico.

Grosseria

Uma pessoa que age de forma grosseira é indelicada, rude, malcriada. A grosseria pode vir por meio de atitudes ríspidas, xingamentos ou ofensas. O contrário disso é a delicadeza e o respeito pela outra pessoa.

Hipocrisia

A hipocrisia é uma espécie de fingimento. É a característica da pessoa que finge qualidades, opiniões, ideias, sentimentos que não correspondem à realidade. O hipócrita diz uma coisa e faz outra.

Prepotência

O prepotente é aquele indivíduo que se vale de seu poder para oprimir ou humilhar as outras pessoas. O prepotente ostenta sua superioridade (ou suposta superioridade) e tem uma forte tendência a mandar nos outros.

Deslealdade

Deslealdade é o mesmo que traição ou infidelidade. Pode-se trair uma pessoa, um grupo, uma ideia, uma causa, etc. O desleal é aquele que, por alguma razão, deixa de cumprir suas promessas, agindo de forma desonesta.

Veja também:

Igor Alves
Revisão por Igor Alves
Licenciado em Letras - Habilitação em Português pela Universidade federal do Pará (UFPA)