CEP

O que é e o que significa o CEP:

CEP é a sigla de Código de Endereçamento Postal, criado e utilizado pelos Correios para facilitar o encaminhamento e a entrega das correspondências aos destinatários. O CEP é uma informação indispensável na correspondência, pois identifica todos os detalhes do endereço de quem vai receber ou de quem está enviando a correspondência.

No Brasil o número do CEP é formado por oito algarismos, que identificam o endereço do destinatário da correspondência, facilitando a sua entrega.

O CEP pode estar relacionado a uma região, um bairro específico, ou até mesmo o prédio do destinatário da correspondência. Para facilitar a criação dos CEPs a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos dividiu o Brasil em 10 regiões postais.

O Código de Endereçamento Postal ajuda na triagem, no encaminhamento e na distribuição de todas as correspondências ou encomendas. Cada número do código identifica todos os detalhes do endereço, como veremos a seguir.

Código Postal do Brasil: entenda cada dígito do CEP

Os oito números do CEP não estão ali por acaso. Cada um deles tem um significado específico e faz referência a uma informação indispensável à correta localização do endereço.

  • 1º número do CEP: corresponde à região postal
  • 2º número do CEP: corresponde à sub-região postal
  • 3º número do CEP: corresponde ao setor postal
  • 4º número do CEP: corresponde ao subsetor postal
  • 5º número do CEP: corresponde ao divisor de subsetor postal
  • 6º, 7º e 8º números do CEP: correspondem aos identificadores de distribuição (ou sufixo)

Abaixo, podemos ver o CEP da Rua São Sebastião, no Centro de Ribeirão Preto - SP.

Código Postal do Brasil

Para entender essa numeração, é preciso saber, em primeiro lugar, que as regiões postais não correspondem às regiões dos livros de geografia. Essas regiões foram estabelecidas especificamente para localizar endereços dentro do território brasileiro. O primeiro número do CEP corresponde à região postal.

Regiões Postais Estados
0 SP capital e região metropolitana
1 interior e litoral de SP
2 RJ e ES
3 MG
4 BA e SE
5 PE, AL, PB e RN
6 CE, PI, MA, PA, AP, AM, RR e AC
7 DF, GO, RO, TO, MT e MS
8 PR e SC
9 RS

Assim, o CEP de todo endereço do Espírito Santo começa com o número 2. Todo CEP da Bahia começa com 4. Todo CEP do Rio Grande do Sul começa com 9. Só de olhar para o primeiro dígito do CEP já sabemos a qual região postal do país o endereço pertence.

O segundo dígito do CEP corresponde a uma sub-região. As sub-regiões são 10 áreas dentro de cada região. Por exemplo: a 4ª sub-região da região 1 (interior e litoral de SP) é Ribeirão Preto. Nessa sub-região, todos os CEPs começam com 14 (o dígito 1 corresponde à região e o 4 à sub-região).

Conforme avançamos nos números, mais detalhada fica a informação. É assim que cada sub-região é dividida em 10 setores postais. Cada setor postal é dividido em 10 subsetores. Cada subsetor contém 10 divisores de subsetor. Estes são os cinco primeiros dígitos do CEP.

Por último, há o identificador de distribuição (sufixo), formado por três dígitos. Essa informação é a mais detalhada possível. Ela é usada para identificar especificamente os logradouros ruas, praças, travessas, avenidas, vielas etc.

Veja também: