Diferença de fruta e fruto

Lana Magalhães
Revisão por Lana MagalhãesProfessora de Biologia
Escrito por Carla Muniz

Apesar de serem conceitos utilizados de forma indiferente por grande parte da população, fruto e fruta não são sinônimos.

Fruto é uma terminologia usada para fazer referência a uma estrutura botânica que se desenvolve através da fecundação do ovário de uma flor.

A fruta por sua vez, não faz parte da terminologia botânica e é, na verdade, uma nomenclatura não oficial e popular utilizada como forma de designar frutos de sabor doce e comestíveis.

Fruto, fruta e pseudofruto

Ao estabelecermos uma relação entre fruto, fruta e pseudofruto, podemos dizer que o fruto é o conceito mais geral.

Veja as explicações abaixo e entenda no que consiste cada uma dessas denominações.

O que é fruto?

O fruto é parte de uma planta do tipo angiosperma (possuem frutos, flores e sementes), produzido a partir do ovário de uma flor fecundado e desenvolvido.

Sua principal função é a de proteger as sementes enquanto elas amadurecem.

Os frutos costumam ficar maduros ao mesmo tempo em que as sementes ficam prontas para germinar.

Dependendo do tipo de fruto, mesmo depois de maduro ele pode se manter fechado ou pode se abrir para liberar suas sementes.

tomate fruto

O tomate, também classificado como legume, é um exemplo de fruto

Veja também o significado de verduras e legumes.

Tipos de fruto

De forma geral, os frutos são classificados em duas subcategorias: frutos carnosos e frutos secos.

Os frutos carnosos são os que apresentam polpa macia quando estão maduros (exemplo: abóbora).

Já os frutos secos têm como principal característica o fato de não terem polpa macia e de apresentam um interior mais duro (exemplo: avelã).

Os frutos secos também podem ser classificados como deiscentes e indeiscentes.

Chamamos de frutos deiscentes aqueles que se abrem para liberar as sementes (exemplo: castanhas) e de frutos indeiscentes aqueles que não se abrem e preservam a semente em seu interior (exemplo: nozes).

O que é fruta?

As frutas compartilham das mesmas características e classificações que os frutos.

É importante referir que a palavra fruta é uma designação não oficial, usada de forma popular para designar frutos doces e comestíveis.

Sendo assim, todas as frutas são frutos, mas nem todos os frutos são frutas.

O sabor doce é a única diferença entre fruto e fruta, ou seja, pode-se dizer que as frutas são frutos doces.

laranja

A laranja é um exemplo de fruta.

A utilização da palavra fruta já se popularizou tanto que, por vezes, é utilizada de forma errada.

A maçã, o figo, o abacaxi e outras estruturas botânicas chamadas de frutas são, na verdade, pseudofrutos.

Descubra também mais sobre o significado das Frutas.

O que é pseudofruto?

O pseudofruto, também chamado de falso fruto ou fruto acessório, é um termo da botânica pouco conhecido pela maioria das pessoas.

Diferentemente do que acontece com o fruto, o pseudofruto consiste sempre em uma estrutura carnosa. Para saber a diferença entre frutos e pseudofrutos, basta conhecer a origem de suas respectivas formações.

Os frutos se desenvolvem a partir do ovário fecundado de uma flor, já os pseudofrutos se desenvolvem a partir de outras partes florais como, por exemplo, o pedúnculo e o receptáculo.

flor

Partes da flor

Um dos pseudofrutos mais conhecidos é o caju. No processo de formação do caju, o pedúnculo se desenvolve em uma forma mais espessa e carnosa e torna-se a parte comestível da estrutura botânica.

Tendo em conta que a designação de fruto é definida como estrutura que se desenvolve a partir do ovário da flor, o verdadeiro fruto do caju é a chamada castanha, que por sua vez guarda a semente em seu interior.

Outro exemplo de pseudofruto é o morango, que também não é formado a partir do ovário da flor, mas sim de seu receptáculo. No caso do morango, as sementes é que são formadas a partir do ovário da flor, logo, são elas os verdadeiros frutos.

morango

O morango é um exemplo de pseudofruto

Você também pode se interessar pelo significado de:

Data de atualização: 20/03/2019.

Lana Magalhães
Revisão por Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.