Frutas

O que é uma fruta:

A fruta (ou fruto) é parte integrante de algumas plantas. É responsável por proteger e carregar as sementes e, por vezes, pode ser utilizada como alimento.

Apesar de ser um termo muitíssimo utilizado, a palavra “fruta”, na verdade, é uma designação não oficial, que significa “fruto de sabor adocicado”. Em outras palavras, “fruta” não existe no vocabulário botânico.

Popularmente, o que se entende por fruta é um alimento de origem vegetal, doce ou ligeiramente adocicado.

Lista de frutas

  • Abacate
  • Abacaxi
  • Abiu
  • Abricó
  • Abrunho
  • Acerola
  • Açaí
  • Alfarroba
  • Ameixa
  • Amêndoa
  • Amora
  • Ananás
  • Araçá
  • Atemoia
  • Avelã
  • Babaçu
  • Bacuri
  • Banana
  • Bergamota
  • Biribá
  • Buriti
  • Butiá
  • Cacau
  • Cajá
  • Caju
  • Camu-camu
  • Caqui
  • Carambola
  • Carnaúba
  • Castanha
  • Castanha-do-pará
  • Cereja
  • Coco
  • Cupuaçu
  • Damasco
  • Dendê
  • Embaúba
  • Figo
  • Framboesa
  • Fruta-do-conde
  • Fruta-pão
  • Gabiroba
  • Goiaba
  • Graviola
  • Groselha
  • Guabiroba
  • Guaraná
  • Hawthorn
  • Heistéria
  • Imbé
  • Inajá
  • Ingá
  • Jabuticaba
  • Jaca
  • Jambo
  • Jamelão
  • Jatobá
  • Jenipapo
  • Juá
  • Kiwi
  • Karité
  • Laranja
  • Lichia
  • Limão
  • Lima
  • Maçã
  • Macadâmia
  • Mamão
  • Manga
  • Mangostão
  • Maracujá
  • Marmelo
  • Marula
  • Melancia
  • Melão
  • Meloa
  • Mexerica
  • Mirtilo
  • Morango
  • Murici
  • Nectarina
  • Nêspera
  • Noz
  • Oiti
  • Oxicoco
  • Pera
  • Pêssego
  • Pitanga
  • Pinha
  • Pitaia
  • Pitomba
  • Pequi
  • Physalis
  • Pomelo
  • Pupunha
  • Pistache
  • Quina
  • Romã
  • Sapoti
  • Sapucaia
  • Seriguela
  • Tangerina
  • Tamarindo
  • Tâmara
  • Toranja
  • Tucumã
  • Uva
  • Umbu
  • Vacínio
  • Veludo
  • Wampi
  • Xixá
  • Yuzu
  • Zimbro

Tipos de frutas

As frutas podem ser classificadas em dois tipos principais: carnosos e secos.

Frutos carnosos

Os frutos carnosos, são aqueles que, quando maduros apresentam consistência macia.

frutas carnosas

Esse grupo de frutos subdivide-se ainda em três tipos: bagas, drupas e pomos.

Exemplos de frutos carnosos: laranja, maçã e melancia.

Frutas secas

A principal característica das frutas secas é a de não apresentar polpa macia.

frutas secas

Exemplos de frutos secos: amêndoas, castanhas, nozes e avelãs

As frutas secas estão subdivididas em dois grupos: frutas secas deiscentes e frutas secas indeiscentes.

Frutas secas deiscentes

São aquelas que apresentam consistência seca e lenhosa e que costumam se abrir, quando maduras, para liberar as sementes.

Exemplos de frutos deiscentes: castanhas

OBSERVAÇÃO: a castanha é dos poucos exemplos de frutas deiscentes. É mais comum a existência de frutos deiscentes, como o feijão e a ervilha.

Frutas secas indeiscentes

As frutas secas indeiscentes, assim como as deiscentes, apresentam consistência seca e lenhosa. A diferença entre esses dois tipos de frutas é que, as indeiscentes não se abrem para liberar as sementes.

As frutas também podem ter diferentes classificações conforme o seu local de origem (como, por exemplo, as frutas exóticas e as frutas tropicais) ou com o seu sabor (como acontece com as frutas cítricas).

Exemplos de frutos indeiscentes: nozes e avelãs

Frutas cítricas (frutas ácidas)

As frutas cítricas, também chamadas de frutas ácidas ou citrinos, têm como principal característica a acidez que resulta em sabor ligeiramente azedo.

citrinos

Exemplos de frutas ácidas:

  • Laranja,
  • limão,
  • lima,
  • kiwi,
  • toranja.

Frutas exóticas

São consideradas frutas exóticas aquelas cujo ambiente de origem difere do local onde estão em comercialização.

Como não costumam ser produzidas em grandes escalas, as frutas exóticas costumam ter um custo superior em relação às frutas tidas como mais comuns.

O conceito de exótico se aplica para espécies que estão fora de sua área de distribuição natural. Porém, popularmente, as frutas exóticas são reconhecidas também como aquelas que possuem formatos e cores particulares.

Lichia

lichia

A lichia é uma fruta original do sul da China, de polpa doce e com um leve toque de acidez.

Mangostão

mangostão

O mangostão é uma fruta original da região tropical do sudeste da Ásia. Sua polpa tem sabor doce e, ao mesmo tempo, picante.

Romã

romã

A romã é uma fruta de origem mediterrânea.

Sua polpa é formada por várias sementes revestidas por uma camada carnosa transparente e seu sabor é ligeiramente azedo.

Pitaya

pitaya

A pitaya é uma fruta nativa da América Central e do México, cuja polpa apresenta um sabor bastante doce.

Physalis

physalis

A physalis é uma fruta que tem origem em regiões com clima temperado, quente e subtropical.

Sua forma é semelhante à de um tomate e seu sabor é ligeiramente ácido.

Frutas tropicais

As frutas tropicais podem ser cultivadas por plantas de diversos tipos de habitat.

Possuem como característica comum o fato de serem frutas intolerantes às baixas temperaturas e às geadas.

No Brasil, elas podem ser encontradas em praticamente todo o país.

Veja abaixo algumas frutas tropicais facilmente encontradas no Brasil.

Abacaxi

abacaxi

O abacaxi é uma fruta nativa da América do Sul.

Banana

banana

Embora muitas pessoas acreditem que a banana é uma fruta brasileira, ela é, na verdade, de origem asiática.

Mamão

mamão

O mamão, fruta de origem mexicana, pode ser encontrado no Brasil durante o ano todo.

Manga

manga

A manga é uma fruta de origem asiática, nativa da Índia e pode ser encontrada em mais de 100 variedades.

Abacate

abacate

O abacate é uma fruta de origem na América Central, utilizado tanto no preparo de refeições doces quanto salgadas.

Saiba mais sobre clima tropical.

Formação das frutas

O processo de formação das frutas só ocorre em plantas classificadas como angiospermas, ou seja, plantas que produzem flores e cujas sementes ficam dentro do pericarpo.

As frutas são desenvolvidas a partir do ovário fecundado da flor. A fecundação ocorre através de um processo chamado de polinização.

A polinização consiste na transferência do pólen (localizados nas anteras de uma flor) para o estigma (receptor feminino) de uma flor da mesma espécie ou para o próprio estigma.

flor masculina e feminina

A abelha é um dos insetos que mais auxilia o processo de polinização das flores.

Ao pousar sobre uma flor, o pólen fica agarrado ao corpo da abelha que, ao voar para a flor seguinte, tem o pólen desprendido de seu corpo e poliniza a flor onde pousa.

Tipos de polinização

Veja abaixo os principais tipos de polinização:

Anemofilia Polinização que ocorre através do vento.
Entomofilia Nomenclatura geral utilizada para fazer referência a qualquer tipo de polinização realizada por insetos. O termo é usado principalmente para referir a polinização realizada por abelhas, vespas e moscas.
Cantarofilia Realizada por besouros.
Psicofilia Polinização realizada por borboletas.
Falenofilia Nome dado ao processo de polinização realizado por mariposas.
Ornitofilia Polinização que ocorre através das aves.
Hidrofilia Ocorre quando a transferência do pólen ocorre através da água.
Artificial Polinização feita pelo homem
Quiropterofilia Polinização realizada por morcegos.

Após a fecundação, a flor passa por uma mudança bastante significativa e de todos os seus componentes, apenas dois se mantêm: o pedúnculo e o ovário.

O ovário da flor é submetido a um processo de desenvolvimento e passa a constituir a fruta (ou fruto). Já os óvulos, passam a constituir as sementes.

flor fecundada

Saiba mais sobre flor e partes da flor.

Partes da fruta

A fruta (ou fruto) é formada por duas partes principais: pericarpo e semente.

O pericarpo resulta do desenvolvimento da parede do ovário. Ele subdivide-se em epicarpo, mesocarpo e endocarpo.

partes da fruta

O epicarpo é a camada mais externa da fruta.

O mesocarpo, como o próprio nome já sugere, é a camada do meio, a mais intermediária. Geralmente consiste na camada mais desenvolvida da fruta e sua composição pode variar bastante.

O endocarpo é a camada mais interna.

As sementes, por sua vez, são resultantes do óvulo fecundado.

Saiba mais sobre as principais diferenças entre frutas, frutos e pseudofrutos.

Diferença entre fruta e fruto

Apesar de serem frequentemente considerados a mesma coisa, fruta e fruto possuem conceitos diferentes.

Toda fruta, por exemplo, é um fruto, mas nem todo fruto é uma fruta.

O fruto, considerado uma estrutura botânica, tem um conceito mais geral. Ele é desenvolvido através da fecundação do ovário de uma flor.

Muitas vezes, os frutos são chamados de legumes justamente por não apresentarem sabor adocicado.

Já a palavra fruta, é uma designação que não existe oficialmente no vocabulário botânico.

Trata-se apenas de uma forma mais genérica de fazer referência aos frutos que possuem sabor adocicado e que podem, em geral, ser consumidos.

Veja também: Diferença de fruta e fruto.

Atualizado em