Significado de Sharia

O que é Sharia:

Sharia é um conjunto de leis islâmicas que são baseadas no Alcorão, e responsáveis por ditar as regras de comportamento dos muçulmanos.

Em árabe, sharia pode ser traduzida literalmente como “caminho para a fonte”, e atualmente é adotada em diversos países com predominância da cultura islâmica, seja de modo integral ou parcial.

Na Arábia Saudita, por exemplo, a sharia é integral, ou seja, o país usa as leis islâmicas como única fonte para a definição da sua legislação. Neste caso, a sharia forma a Constituição daquela nação.

Nos países onde a sharia domina, não existe uma separação entre a religião e o direito dos cidadãos, como acontece nos países ocidentais.

Todas as leis destes países são baseadas nos princípios religiosos do islamismo e nos ensinamentos deixados pelo profeta Maomé no Alcorão, o livro sagrado para o islã.

Porém, a maioria dos países islâmicos adotam a chamada sharia dual. O governo é oficialmente secular, mas existem tribunais especiais que julgam unicamente os muçulmanos, com base nas leis da sharia.

Os não-muçulmanos, no entanto, não deverão ser submetidos a esta legislação, mas sim à prevista pelo governo secularista.

Descubra mais sobre o significado do Estado Secular.

Existem países que adotam a sharia em diferentes níveis, ou seja, podem não adotar na sua totalidade. Por exemplo, alguns países adotam as indicações da sharia sobre o divórcio mas não adotam certas punições para as mulheres. Em alguns países islâmicos é recomendado para as mulheres o uso do hijab (uma espécie de véu que cobre a cabeça da mulher) e é culturalmente reprovável o ato de dirigirem automóveis.

Sharia no Brasil

O Brasil é oficialmente um estado laico, pois a Constituição Federal prevê a total liberdade para todas as crenças religiosas dos seus cidadãos.

As leis do estado brasileiro não são baseadas em princípios religiosos.

Saiba mais sobre o significado do Islamismo

Data de atualização: 18/10/2016. O significado de Sharia está na categoria: Geral