Significado de Dissertação

O que é Dissertação:

A dissertação, também chamada de texto dissertativo, consiste em um texto em prosa estruturado de forma a expressar o ponto de vista ou a opinião de quem a escreve.

Para que esse objetivo seja alcançado com sucesso, é fundamental que o autor da dissertação tenha um vasto conhecimento sobre o assunto a ser exposto e que apresente uma excelente capacidade de planejamento.

Desta forma, garante-se que a transmissão da mensagem ao leitor seja clara, objetiva e bem fundamentada.

O texto dissertativo é um dos tipos textuais mais solicitados em provas brasileiras como Vestibular, ENEM e alguns concursos públicos.

Trata-se de um tipo de texto que pode ser trabalhado por estudantes de vários níveis de escolaridade.

Características de uma dissertação

Confira abaixo as principais características de um texto dissertativo.

  • Apresentar um ponto de vista ou opinião do autor.
  • Realizar uma análise crítica.
  • Apresentar argumentos, fatos e/ou dados para justificar e/ou defender ideias.

Tipos de dissertação

Uma dissertação pode ser escrita em primeira ou em terceira pessoa. Além disso, ela pode apenas expor informações ao leitor ou tentar convencê-lo do ponto de vista do autor.

Tendo em conta essas particularidades, conheça os tipos de dissertação:

Dissertação expositiva

Como ocorre em todo texto dissertativo, a dissertação expositiva tem como meta expôr o ponto de vista do autor.

No entanto, o objetivo principal não é o de convencer o leitor a concordar com a opinião do emissor da mensagem.

O intuito da dissertação expositiva, como o próprio nome já diz, é o de expor ideias, pontos de vista e opiniões. Isso deve acontecer de forma coerente, para que o leitor passe, a partir de então, a ter mais conhecimentos sobre o assunto exposto.

Exemplo de dissertação expositiva:

Músicos, artistas plásticos, empresários, juristas e cariocas de diversas áreas tiveram a intenção de ajudar com mais celeridade do que a lenta Justiça brasileira a família de Amarildo, trabalhador assassinado por PMs do Rio, e, principalmente, construir o projeto, entendendo que o grave problema não está restrito ao caso emblemático na Rocinha.

Somos todos Amarildo - a verdade dos fatos. Por João Tancredo para a coluna Opinião do Jornal O Dia de 23/10/2016.

Dissertação argumentativa

A dissertação argumentativa é o tipo de dissertação mais comum.

Diferentemente do que ocorre na dissertação expositiva, na dissertação argumentativa o objetivo principal é o de justamente convencer e dissuadir o leitor a concordar com as opiniões, ideias e pontos de vistas do autor do texto.

Um dissertação argumentativa pode ser classificada em dois diferentes tipos, consoante a pessoa verbal utilizada: dissertação objetiva e dissertação subjetiva.

Veja abaixo no que cada um desses tipos de dissertação consiste:

Dissertação objetiva

A dissertação objetiva apresenta uma abordagem impessoal, ou seja, o texto é escrito na terceira pessoa.

Apesar de ficar implícito que as ideias expostas representam a opinião do autor, esse tipo de abordagem traz um toque de imparcialidade ao texto.

Muitas vezes, isso cria uma maior aceitação por parte do leitor, relativamente aos argumentos referidos.

Exemplo de dissertação argumentativa objetiva:

Enquanto for reproduzida uma estrutura de injustificável demora nos processos, além de insuficientes respostas do poder judiciário, permanecerá vantajoso causar danos e banalizar a morte, respondendo com alguns trocados ao final de muitos anos.

Nesse sentido, torna-se cada vez mais urgente a batalha por resultados que devolvam às vítimas sua dignidade e funcionem pedagogicamente para evitar futuros abusos. Afinal, salvo algumas exceções, a justiça tarda e, muitas vezes, falha.

Justiça: tarda e, muitas vezes, falha. Por João Tancredo & Maria Isabel Tancredo Advogado e acadêmica de Direito, para a coluna Opinião do Jornal O Dia de 07/01/2018.

Dissertação subjetiva

Na dissertação subjetiva, o autor do texto o escreve na primeira pessoa.

Dessa forma, fica explícito e evidente que as ideias e opiniões apresentadas ao longo do texto refletem o ponto de vista do autor.

Exemplo de dissertação argumentativa subjetiva:

Possuir a maior malha cicloviária do país nada significa se, mesmo dentro de espaços reservados para a prática do ciclismo, a falta de educação e a ausência de bom senso imperam. Pessoas praticam todo tipo de atividade irregular nas ciclovias compartilhadas. É normal ver acidentes, pessoas na contramão, crianças sem equipamentos de segurança e mais uma infinidade de situações. Saindo deste corredor, a situação fica muito pior. Os ciclistas se encontram numa verdadeira batalha de vida ou morte contra carros, motos e ônibus, estes últimos, a meu ver, os mais perigosos.

Nós, moradores do Rio, ciclistas ou não, queremos um transporte público mais seguro para todos. É inviável que motoristas com dezenas de multas na carteira continuem a rodar livremente. É inaceitável que as empresas de transporte tolerem veículos sem manutenção ou vistoria transitando livremente pelas ruas.

Educar, fiscalizar e punir. Por Luísa Jucá para a coluna Opinião do Jornal O Dia de 11/05/2013

Saiba mais sobre subjetivo.

Como estruturar uma dissertação?

Para garantir uma correta progressão textual, a dissertação deve ser estruturada em introdução, desenvolvimento e conclusão. A dissertação é um texto em prosa, ou seja, é escrito em linhas e frases contínuas. É um tipo de texto que não sofre quebras como ocorre, por exemplo, nos poemas.

Saiba mais sobre prosa.

Entenda para que serve cada uma destas partes textuais.

Introdução de uma dissertação

Na introdução, o autor deve referir o assunto a ser abordado no corpo do texto, fazendo assim uma contextualização do tema de forma a realizar a abertura do assunto a ser apresentado.

É nessa parte do texto que devem ser expostos o assunto e o caminho a ser percorrido para defender determinado ponto de vista ou determinada opinião.

Saiba mais sobre introdução.

Desenvolvimento de uma dissertação

O desenvolvimento é a parte do texto onde o autor deve apresentar suas ideias e pontos de vista; deve deixar claro seu posicionamento.

Em uma dissertação argumentativa, é no desenvolvimento que o autor deve dissertar sobre todos os argumentos, informações e ideias que permitam que a mensagem transmitida convença o leitor. É preciso que o porquê do posicionamento do autor fique claro.

Conclusão de uma dissertação

Na conclusão, o autor expõe as consequências do assunto problematizado no texto.

É importante referir que a conclusão não deve ser um resumo do que foi informado ao longo do texto.

Nessa etapa, é comum o autor sugerir ações que possam auxiliar ou até mesmo resolver os problemas referidos nos parágrafos anteriores.

Saiba mais sobre conclusão.

Data de atualização: 17/09/2018. O significado de Dissertação está na categoria: Língua Portuguesa