Significado de Argumentação

Carla Muniz
Revisão por Carla MunizProfessora licenciada em Letras

O que é uma Argumentação:

Argumentação é um conjunto de afirmações, premissas ou suposições que defendem um ponto de vista e que tem por objetivo convencer o leitor sobre algo.

Argumentar não é necessariamente atacar ou criticar alguém. Os argumentos também podem ser usados ​​para apoiar os pontos de vista de outras pessoas.

O que é um texto argumentativo?

Um texto argumentativo é aquele que apresenta uma tese, ou seja, uma opinião sobre algo, junto a um conjunto de fundamentos utilizados para embasa esse ponto de vista.

Caso o texto não possua um ponto de vista ou um fundamento, ele não pode ser considerado argumentativo, já que esses dois pontos são cruciais para que um texto seja coerente em defesa ou crítica a qualquer tema.

Como construir um bom texto argumentativo?

Um texto argumentativo precisa ser embasado, além de defender um ponto de vista. Porém, a construção de um bom texto argumentativo vai muito além disso.

Há pontos essenciais que quando presentes em uma dissertação, por exemplo, podem fazer toda a diferença para quem a lê ou analisa. Abaixo citamos dois pontos principais que auxiliam nessa produção:

  • Apresentar opinião contrária

Esse ponto é um dos mais importantes para a construção de um texto argumentativo. O pensamento concessivo é o reconhecimento, por parte de quem está escrevendo o texto, de que existe um outro ponto de vista sobre o tema, contrário ao defendido por ele mesmo.

Exemplo:

Em um texto argumentativo com opiniões contrárias à redução da maior idade penal, é possível descrever e fundamentar a opinião defendida e ao mesmo tempo reconhecer que existe uma opinião contrária àquela que está no texto. Neste caso, o apoio a redução, por exemplo.

Sendo assim, o autor que é contra a redução da maior idade penal pode explicar em seu texto que existem argumentos a favor da redução da maior idade penal.

Isso ajuda a identificar o porquê do autor do texto defender aquela opinião, sabendo que ele conhece o tema de forma holística, ou seja, como um todo.

Na análise de uma dissertação, por exemplo, esse ponto é importante para apresentar a quem lê ou analisa, que os fundamentos foram estruturados reconhecendo a opinião contrária, o que torna a argumentação mais forte.

  • Antecipar possíveis objeções ao argumento apresentado

Qualquer tema concede duas possibilidades de argumentação: contra ou a favor. Assim, um argumento forte e bem fundamentado em um texto é aquele apresenta o seu embasamento já se defende antecipadamente de possíveis objeções ao seu ponto de vista.

Exemplo:

Alguém que defenda o veganismo, consegue produzir um bom texto argumentativo se já conseguir se defender das possíveis objeções contrárias ao tema.

Nesse caso, as objeções poderiam ser a falta de nutrientes em uma dieta, problemas econômicos gerados pela queda da produção agropecuária, entre outros.

Contra-argumentar essas possíveis questões, ajuda a construir um texto mais forte e convincente.

Os tipos de argumentação em um texto

Há várias formas de se argumentar em um texto. Abaixo explicamos os três principais tipos de argumentação utilizados:

  • Argumento de autoridade: é quando o autor do texto utiliza alguma frase, citação ou ideia de outra pessoa ou instituição de pesquisa, que ajude a embasar e fundamentar a opinião defendida;
  • Argumento de comprovação: é o tipo de argumento que utiliza dados, estatística e notícias que ajudem a comprovar a veracidade da opinião defendida no texto;
  • Argumento por raciocínio lógico: é quando o autor do texto encontra um ponto lógico, que deixa óbvio e claro o porquê de defender aquele ponto de vista.

Veja também o significado de:

Data de atualização: 17/10/2019.

Carla Muniz
Revisão por Carla Muniz
Professora, lexicógrafa, tradutora, produtora de conteúdos e revisora. Licenciada em Letras (Português, Inglês e Literaturas) pelas Faculdades Integradas Simonsen, em 2002.