Esportes de invasão: o que são, características e 10 exemplos

Igor Alves
Igor Alves
Professor de Língua Portuguesa

Esportes de invasão são aqueles em que duas equipes disputam a posse de um objeto (geralmente uma bola) para conduzi-lo até a meta, que pode ser o gol ou a cesta, no campo adversário.

Os pontos são marcados, portanto, ao invadir o espaço de defesa do oponente: daí a origem do nome dessa categoria de esportes.

grafico
Além de tentar marcar pontos, as equipes também precisam se defender, de modo a não permitirem que o adversário invada seu campo e marque pontos.

Dessa forma, para vencer o jogo é necessário um conjunto de competências, como trabalho em equipe, liderança e estratégia, por exemplo.

1. Futebol

futebol

Atualmente com mais de 260 milhões de jogadores espalhados por todos os continentes, o futebol é, disparadamente, o esporte mais popular do mundo.

Praticado e assistido por pessoas de todas as idades, gêneros, classes sociais e credos, o esporte movimenta uma indústria global multibilionária. Exerce poderosa influência sobre a cultura popular e até mesmo sobre a política.

O futebol moderno surgiu a Inglaterra no século XIX. No entanto, existem indícios de que modalidades semelhantes já seriam praticadas há pelo menos cinco milênios, na China.

O jogo consiste em duas equipes com onze jogadores cada disputando, sobre um campo gramado, a posse da bola de couro para conduzi-la até o gol adversário. E como o nome já indica, é predominantemente executado com os pés ("fut" é uma corruptela de foot, "pé" em inglês).

2. Handebol

handebol

O handebol é um esporte coletivo criado em 1919 pelo professor de educação física alemão Karl Schelenz. Em sua origem, era praticado apenas por mulheres e equivalia a uma espécie de variante do futebol, só que jogado com as mãos (hand = "mão" em inglês).

O esporte não demorou a se popularizar e se espalhar pelo globo. Em 1936, menos de vinte anos desde a sua criação, já era disputado na Olimpíada de Berlim.

Ao longo do século XX, o handebol desenvolveu-se e profissionalizou-se, sofrendo diversas modificações até chegar a sua formatação atual. No entanto, a sua dinâmica continua muito semelhante a do futebol.

O jogo é disputado em quadra coberta nas modalidades feminino e masculino, sendo a bola, nesta última modalidade, um pouco maior que a usada na primeira.

Cada equipe é formada por sete jogadores, e a duração da partida é de 60 minutos, divididos em dois tempos de 30 minutos, havendo um intervalo de dez minutos entre eles.

3. Basquete

basquete

Em 1891, o professor de Educação Física James Naismit resolveu criar uma modalidade esportiva que pudesse ser praticada durante o rigoroso inverno de Massachusetts, nos EUA. Assim surgiu o basquete, hoje um dos esportes coletivos mais populares do mundo.

O jogo é disputado em uma quadra por duas equipes, cada uma com cinco jogadores, que se enfrentam pela posse da bola para arremessá-la na cesta do campo adversário.

O jogo caiu no gosto popular e rapidamente se espalhou pelo mundo, conquistando o status de desporto olímpico em 1936, nas Olimpíadas de Berlim.

Desde o primeiro jogo na quadra do Springfield College, com cestos de pêssegos servindo de aros, as regras, os instrumentos e as formas de se jogar basquete evoluíram bastante, tornando-o cada vez mais dinâmico e prazeroso de assistir. A inclusão de tabelas e cestas de três pontos são exemplos dessas melhorias.

Muitas dessas transformações se devem à influência da liga profissional de basquete norte-americana, criada ainda na primeira metade do séc. XX, a NBA (National Basketball Association), responsável pela promoção e desenvolvimento do esporte, que transformou a criação do professor Naismit numa indústria global que movimenta bilhões dentro e fora das quadras.

4. Rugby

rugby

Em uma partida de futebol na Rugby School, localizada na Inglaterra, em 1823, o jogador William Webb Ellis teria pegado a bola com as mãos e atravessado com ela a linha de fundo do campo adversário. Dessa jogada irregular do futebol teria surgido o rugby.

Inicialmente praticado apenas nas universidades inglesas, o rugby foi gradativamente se profissionalizando. O primeiro conjunto de regras surgiu em 1845, mas o esporte só foi consolidado em 1871, com a criação da Rugby Football Union, primeira entidade responsável por gerir o esporte, formada por 21 clubes.

O rugby é um esporte coletivo de contato físico extremado, em que duas equipes, em dois tempos de 40 minutos, tentam conduzir a bola oval até a linha de fundo do campo adversário.

Os jogadores com a posse da bola podem ser agarrados e arremessados ao chão pela equipe rival (tackle), A quantidade de atletas por equipe varia conforme a modalidade:

  • Rugby Union ou Rugby XV: 15 jogadores
  • Rugby League: 13 jogadores
  • Rugby Seven: modalidade olímpica com sete jogadores derivada do rugby union.

O campo de rugby possui forma e dimensões muito semelhantes as do futebol, com traves em forma de "H", onde os jogadores tentam chutar para marcar pontos. Os praticantes podem correr com a bola em mãos, mas o passe só é permitido se for para trás ou para os lados.

Existem quatro formas de pontuar no rugby:

  1. Try: quando o jogador apoia a bola na meta do adversário, ocorrendo o contato simultâneo entre a mão do atleta, a bola e o chão do In-goal. Vale cinco pontos.
  2. Conversão: depois do try, a equipe que pontuou tem direito a um chute a gol. A bola deve passar entre as traves verticais e acima do travessão horizontal. Vale dois pontos.
  3. Chute de penalidade: chute a gol após infração grave. Vale três pontos.
  4. Drop goal: chute a gol durante o jogo, tendo a bola tocado o chão antes do chute. Vale três pontos.

5. Polo aquático

polo aquatico

Criado no final do século XIX em Londres, Inglaterra, o polo aquático foi um dos primeiros esportes coletivos oficiais das olimpíadas modernas.

O jogo em muito se assemelha ao handebol, só que praticado em uma piscina. É disputado por duas equipes com sete jogadores que buscam lançar a bola no gol adversário.

O polo aquático possui algumas regras fundamentais. São elas:

  • Além do goleiro, nenhum jogador pode segurar a bola com as duas mãos.
  • A bola não pode ser afundada na água.
  • O gol pode ser marcado com qualquer parte do corpo, desde que não seja com o punho fechado.
  • Somente o goleiro pode socar a bola.

Os jogadores usam toucas coloridas com números e protetores de ouvido. Os goleiros usam toucas vermelhas.

A partida é dividida em quatro tempos de 8 minutos de jogo útil, isto é, de bola em jogo. Se a equipe com a posse de bola não arremessá-la ao gol em trinta segundos, a posse da bola passa para a equipe adversária.

6. Futebol americano

futebol americano

O futebol americano é o esporte coletivo mais popular dos EUA. Surgiu no século XIX em jogos universitários como uma variante do rugby inglês. Entre 1876 e 1920, no entanto, o esporte sofreu diversas modificações, que o afastaram gradativamente do modelo europeu e conferiram-lhe características próprias.

A partida é jogada em um campo de 100 jardas por dois times de onze jogadores cada. O objetivo do jogo é levar a bola até a end zone do oponente, para tentar um touchdown, que vale seis pontos, seguido de um extra point com um chute a gol. Isso é conseguido avançando com a bola pelo campo em uma série de jogadas, chamadas downs.

O avanço pode ser conquistado pelo ar, por um passe do quarterback para o recebedor, ou por um running back, que corre com a bola pelo campo.

Para manter a posse de bola, o ataque deve avançar por pelo menos dez jardas a cada quatro jogadas para, assim, ter o direito a outros quatro lances e seguir caminhando até end zone adversária.

Se a defesa consegue evitar o avanço de dez jardas, o time de ataque deve devolver a bola para o adversário com um punt (chute). Ou, se estiver perto o bastante, tentar um chute a gol entre os postes em forma de "Y", o field goal, que vale três pontos.

Depois de quatro períodos de 15 minutos de jogo útil, o time com mais pontos vence o jogo.

7. Futsal

futsal

Futsal é uma adaptação do futebol para as quadras. Foi criado em 1930, no Uruguai, pelo professor Juan Carlos Ceriani Gravier, que o chamou de indoor football. No entanto, foi no Brasil, onde foi batizado de "futebol de salão", que o esporte se desenvolveu e teve seu primeiro conjunto de regras oficial publicado, em 1949.

A dinâmica do jogo é muito semelhante a do futebol, com o mesmo objetivo. Cada equipe possui cinco jogadores, tendo a partida 40 minutos de duração, divididos em dois tempos de 20 minutos.

Na década de 1990 houve uma dissidência entre entidades representativas que levou à separação entre o futsal e o futebol de salão. Hoje, a modalidade representada pela Associação Mundial de Futsal (AMF) chama-se futebol de salão, enquanto a modalidade representada pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) chama-se futsal.

O futsal é hoje considerado o esporte mais praticado no Brasil, superando o futebol, que continua sendo o mais popular no país.

8. Hóquei sobre a grama

hoquei

O hóquei sobre a grama é considerado o mais antigo esporte de tacos e bola da história. Existem registros de que já era praticado há mais de dois mil anos na Pérsia e há cerca de 4 mil anos no Egito.

A organização do jogo como o conhecemos hoje veio da Inglaterra, com a criação das primeiras regras em 1852.

O objetivo do hóquei é fazer gols na equipe adversária. Para isso, os jogadores utilizam o stick, espécie de taco para conduzir a bola.

Cada equipe possui onze jogadores. O jogo é realizado em um campo de grama com dimensões semelhantes as do futebol e tem a duração de quatro tempos de 15 minutos.

O goleiro utiliza capacete, proteção de braço e tórax, além de luvas e caneleiras especiais, podendo utilizar todo o corpo para defender a bola.

Os arremates, que são os arremessos ao gol, só podem ser realizados dentro da área.

Somente o taco pode encostar na bola. Caso a bola toque no jogador, é marcada falta e a posse da bola vai para o adversário.

A bola só pode ser tocada por um lado do taco. Na condução, o taco deve estar sempre em contato com o solo.

O push é o passe empurrado, que é usado quando o companheiro de equipe está próximo. Já o push hit, afastar a bola do taco para realizar uma batida, é utilizado quando o companheiro está distante e também em direção ao gol.

Existem outras modalidades de hóquei, como o hóquei no gelo e o hóquei sobre patins.

9. Corfebol

corfebol

Corfebol é um esporte coletivo praticado principalmente na Holanda e na Bélgica. Ele difere de outros esportes semelhantes, pois é praticado por equipes mistas, formadas tanto por homens quanto por mulheres.

O esporte surgiu na Holanda em 1902. Foi inventado pelo professor de Educação Física Nico Broekhuvesen. O holandês se inspirou num jogo chamado Ringball, que conhecera na Suécia. Depois de efetuar algumas modificações, o professor batizou sua criação de Corfebol ("bola ao cesto" em português).

O objetivo do jogo é arremessar a bola na cesta do campo adversário. Cada cesta vale um ponto.

As partidas duram uma hora, dividida em dois tempos de 30 minutos. O campo é retangular, medindo 40 metros de comprimento e 20 metros de largura. As equipes são formadas por oito jogadores cada, sendo quatro jogadores homens e quatro mulheres, distribuídos entre defesa e ataque.

10. Lacrosse

lacrosse

Lacrosse é um esporte coletivo praticado pelos povos originários norte-americanos há pelo menos mil anos. O primeiro registro do jogo foi feito pelo missionário jesuíta Jean de Brébeuf em 1637, que descreveu em livro uma partida na tribo dos iroqueses, no Canadá, denominando o esporte como la crosse ("o pau" em português).

Em 1856, o dentista canadense William George Beers adaptou o jogo à dinâmica esportiva moderna, criando suas primeiras regras. A modalidade conquistou muita popularidade no Canadá e na costa leste dos EUA, tornando-se uma modalidade olímpica em 1904.

O esporte é jogado com um taco de lacrosse, que possui uma rede em uma das pontas, chamada de "cabeça". Os jogadores usam a cabeça do taco para conduzir, passar e arremessar a bola no gol adversário.

Cada equipe possui dez jogadores, sendo um goleiro, três defensores, três meias e três atacantes. Por conta do contato físico intenso, os jogadores utilizam alguns equipamentos de proteção, como o capacete, p.ex..

As dimensões do campo são muito semelhantes as do futebol. A partida dura uma hora, dividida em quatro tempos de 15 minutos.

Existem ainda outras modalidades do esporte, como o box lacrosse e o lacrosse feminino.

Bibliografia:

  • MASSA, Marcelo. Iniciação aos esportes coletivos. São Paulo: EACH/ USP, 2020.
  • NETO, Francisco P. M. Marketing esportivo: o esporte como ferramenta do marketing moderno. São Paulo: Bestseller, 2020.
  • TURBINO, Manuel. O que é esporte. São Paulo: Brasiliense, 2017.

Veja também:

Igor Alves
Igor Alves
Licenciado em Letras - Habilitação em Português pela Universidade federal do Pará (UFPA)