Fato social

O que é fato social?

Fato social é um conceito do sociólogo Émile Durkheim e se refere aos hábitos e maneiras de agir e de pensar que determinam a forma como os indivíduos se comportam em uma sociedade.

Segundo Durkheim, os fatos sociais estão expressos em regras, valores e normas sociais e obrigam os indivíduos a agirem de acordo com os padrões culturais.

Quando um indivíduo age fora desses padrões em uma sociedade, ele será considerado desajustado ou poderá, até mesmo, ser punido.

Os fatos sociais são externos aos indivíduos, pois fazem parte de uma consciência coletiva e já estão estabelecidos antes de seu nascimento.

As 3 características dos fatos sociais segundo Durkheim

Segundo Émile Durkheim, para que um costume ou comportamento seja considerado um fato social, é preciso que possua três características:

  • Generalidade: o fato social, expresso em regras e valores, deve ser aplicado a todos ou à maioria dos indivíduos em uma sociedade;
  • Exterioridade: o fato social está fora da consciência individual, é independe da vontade dos indivíduos e anterior a eles;
  • Coercitividade: os fatos sociais exercem força sobre os indivíduos e aqueles que não seguirem os padrões impostos pela sociedade podem ser punidos.

Exemplos de fatos sociais comuns

Segundo Durkheim, os fatos sociais determinam a forma como os indivíduos agem em uma sociedade: moldam a forma de agir, pensar e de compreender o mundo.

Alguns exemplos de fatos sociais são:

  • Relações de parentesco;
  • Casamento;
  • Papel de cada membro em uma família;
  • Utilização de vestimentas;
  • Rituais religiosos e culturais;
  • Organização política.

Quando um indivíduo não age de acordo com o fato social, este poderá sofrer constrangimento ou punição. Isso poderá acontecer com alguém que em nossa sociedade decida andar pelas ruas sem roupas.

Como em nossa sociedade temos o costume de andar vestidos, a nudez causará estranhamento por parte das outras pessoas e, se houver lei para o tema, o indivíduo pode ser responsabilizado pelo ato.

As regras impostas pelos fatos sociais não precisam estar sempre escritas, muitas vezes são compreensões tácitas, presentes no consciente da coletividade.

Há, no entanto, muitos fatos sociais que estão traduzidos na forma de leis e normas que compõem os ordenamentos jurídicos dos países, com punições previstas para o seu descumprimento.

Para Durkheim, os fatos sociais atuam como imposições sobre os indivíduos, que podem não sentir essa força por já estarem habituados a eles.

A força dos fatos sociais, no entanto, poderá ser sentida por um indivíduo quando este tentar transgredi-los.

O papel da educação nos fatos sociais

A educação é, por si só, um fato social e também é a maneira pela qual os indivíduos são moldados para agir de acordo com os padrões culturais de uma sociedade.

A educação parte do princípio de que os indivíduos adultos são responsáveis por ensinar e educar as crianças de acordo com os valores e costumes da sociedade.

Isso significa que as crianças vão para a escola não apenas para aprender os conteúdos das disciplinas, mas para entender as normas sociais e como devem se portar em sociedade.

Em outras palavras, a escola prepara o indivíduo para viver em coletividade e agir conforme os padrões culturais e éticos estabelecidos. Esses padrões servem como uma baliza para o comportamento das pessoas.

Na escola, os alunos também constroem suas compreensões sobre o mundo, se entendem enquanto uma sociedade e conhecem suas origens.

Fato social normal e patológico

Émile Durkheim classificava os fato sociais em normal e patológico:

  • Fato social normal: são os fatos sociais que estão em coesão com a sociedade e respeitam a ordem institucional e as normas dos grupos sociais. Os fatos sociais normais são comuns a maioria dos indivíduos;
  • Fato social patológico: os fatos sociais patológicos são aqueles comportamentos que fogem das normas e do comportamento da maioria. São considerados doenças e trazem consequências negativas, alguns exemplos são crimes e atitudes violentas.

Émile Durkheim é considerado o pai da sociologia

Émile Durkheim nasceu na França em 1858, onde viveu até seu falecimento em 1917. O pesquisador dedicou sua vida a estudos sobre os comportamentos coletivos.

Durkheim inaugurou a sociologia como uma disciplina científica ao desenvolver um método científico rigoroso para as pesquisas sociais.

Em seu método científico, definiu os fatos sociais como o objeto central de estudo da sociologia. Os fatos sociais ajudavam a explicar o comportamento repetitivo dos indivíduos em uma sociedade.

Em seu entendimento, a sociedade estava acima do indivíduo e os fatos sociais agiam como imposições aos comportamentos individuais.

Saiba mais sobre a disciplina de sociologia.

Data de atualização: 15/04/2020.