Valores Sociais

Pedro Menezes
Escrito por Pedro Menezes
Professor de Filosofia, Mestre em Ciências da Educação

O que são valores sociais:

Os valores sociais são princípios e normas que orientam a forma como pessoas de um mesmo grupo social vão viver. Os valores sociais servem para tornar possível a vida em comunidade.

É através dos valores sociais que os indivíduos criam um sentido de coesão social e um sentimento de pertença. Esses valores fazem a ligação entre os interesses individuais e os interesses da sociedade como um todo.

Nem sempre os interesses individuais correspondem aos interesses da sociedade. Os valores sociais cumprem a função de educar os indivíduos para valorizar o grupo em função de seus próprios interesses.

Por outro lado, o bem comum, o bem da sociedade, promove a segurança para que os indivíduos possam viver livremente.

Esses valores não são fixos, nem definitivos, são construídos histórica e culturalmente. Ou seja, variam no tempo e de lugar para lugar, podem se alterar, serem substituídos ou ganhar uma maior ou menor relevância.

Os valores sociais orientam a educação dos indivíduos e sua socialização. Desde o nascimento, os indivíduos aprendem como devem se comportar, falar, agir e, até mesmo, pensar. Desse modo, o que é transmitido é um conjunto de valores que aquele grupo social compreende como sendo importante para a sua manutenção.

Exemplos de valores sociais

Trabalho

O trabalho é a resposta que a sociedade dá para suas necessidades. É através da divisão social do trabalho que os indivíduos, exercendo diferentes funções, possibilitam que o grupo se desenvolva coletivamente. Cada função cumpre o seu papel e é imprescindível para o grupo.

Assim, o trabalho possui uma relevância individual, por exemplo, receber um salário, mas também é importante para a sociedade. O trabalho de uma médica e de um lixeiro, por exemplo, estão diretamente ligados à saúde da população.

Respeito às leis

O respeito às leis permite uma vida melhor em sociedade. As leis existem como uma forma de restringir a ação das pessoas em vista do bem comum.

A pessoa que respeita a lei mostra que está comprometida com a sociedade. Para ela, bem coletivo, refletido na lei, é mais importante que seu interesse pessoal.

Assim, ao ser socializada, a pessoa aprende que deve respeitar as regras, para o bem da convivência e da comunidade.

Respeito aos indivíduos

Assim como o respeito às leis, o respeito aos indivíduos é um valor social que transmite a ideia de que, para se viver bem em sociedade, é necessário respeitar o outro. Ainda que tenha que abdicar de algum interesse individual.

A regra de ouro (não faça com os outros o que não gostaria que fosse feito com você) é a demonstração de que deve-se ponderar as ações para a boa convivência em sociedade.

Do contrário, se cada um fizesse o que bem entendesse, sem a baliza do respeito ao próximo, a vida em sociedade poderia ser dificultada ou se tornar impossível.

Cooperação

A cooperação é um valor social baseado na ideia de uma relação mútua. Cooperar é operar ou trabalhar coletivamente, é uma ação em grupo.

Saber trabalhar e agir em grupo pode ser uma tarefa difícil, tendo em vista as visões e os interesses que podem ser conflitante e pode ir de encontro aos interesses pessoais.

A cooperação exige que os indivíduos compartilhem de uma meta coletiva e encontrem meios de alcançá-la em conjunto.

Solidariedade

O valor social da solidadriedade é baseado na ideia de que há assimetrias e desigualdades em uma sociedade e que isso coloca os indivíduos em posições diferentes.

A solidariedade é fundamentada na ideia de que a pessoa que está em uma posição mais favorável pode ajudar a outra e isso beneficia a sociedade.

A criação de um ambiente de solidariedade tende a ser favorável ao grupo social, tanto quanto aos indivíduos.

Veja também:

Pedro Menezes
Escrito por Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestre em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).