Significado de Pichação

O que é Pichação:

As pichações são expressões gráficas pintadas em muros e edificações das cidades. Podem ser palavras, textos ou mesmo imagens. Considerada crime no Brasil, a pichação é utilizada como forma de expressão de grupos marginalizados da sociedade, em especial, jovens das favelas.

Os participantes do movimento, defendem que a pichação é arte, pois é uma forma de expressão, porém uma parcela da população considera o ato como vandalismo.

Pichação é crime?

Por ser entendida como um ataque contra o patrimônio público ou privado, a pichação é crime de acordo com o artigo 65 da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98).

Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências:

Art. 65. Pichar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano”

A pena para o crime de pichação é de 3 meses a 1 ano de detenção e multa e é maior nos casos em que o crime é cometido em monumentos tombados, devido ao seu valor histórico ou arqueológico. Apesar da lei determinar a pena de prisão, é comum os juízes aplicarem penas alternativas para os infratores.

Finalidade das pichações

A pichação é considerada um ato político, principalmente de jovens da periferia, que usam as paredes da cidade para se comunicar e protestar contra as desigualdades sociais dos centros urbanos. Frente às dificuldades de serem ouvidos pelos representantes políticos, esses grupos se utilizam das pichações para fazer denúncias e expressar sua opinião.

Como a pichação usa elementos estéticos para a manifestação de opiniões e sentimentos, é considerada arte pelos defensores dessa prática. Apesar de polêmicas, as pichações já foram reconhecidas em círculos artísticos nacionais e estrangeiros e têm ganhado legitimidade em galerias e faculdades de artes visuais.

Mas nem todas as pichações trazem protestos ou manifestações políticas. Muitas pichações, inclusive, são indecifráveis, já que os grupos de pichação criam grafias próprias e assinaturas que são reconhecidas apenas entre os grupos do movimento, essas assinaturas são conhecidas pelos integrantes dos grupos por “pixo”.

Quando começaram a se tornar comuns, as pichações eram feitas em muros baixos, mas a partir dos anos 90, essas pinturas começaram a subir andares. Para pichar em lugares de alta visibilidade, os pichadores costumam escalar os prédios, colocando a própria vida em risco.

Pichação-prédio

Diferença entre pichação e grafite

Tanto a pichação quanto o grafite são expressões gráficas realizadas em muros e paredes das cidades, mas, em geral, o grafite tem uma maior aceitação por ser esteticamente mais agradável. Os grafiteiros geralmente trabalham com imagens, já o pichadores usam assinaturas e palavras com grafia própria.

O grafite pode não ser considerado um crime, desde que a manifestação artística valorize o patrimônio e que seja autorizada pelo proprietário. Os grafites têm se tornado cada vez mais comuns nas grandes cidades, muros e paredes de edifícios têm se tornado obras de arte em meio às construções.

Grafite

Veja também o significado de grafite e arte.

Data de atualização: 25/02/2019.