Significado de Quinhentismo

O que é Quinhentismo:

Quinhentismo é o nome dado para as manifestações literárias que surgiram no Brasil nos primeiros anos do século XVI, durante o período de descobrimento das características nativas do país pelo povo europeu

O nome Quinhentismo faz referência ao ano de 1500, considerado o marco de início desta etapa, quando as terras brasileiras foram descobertas pelos portugueses. Neste período, o Brasil ainda não era um país, mas apenas uma das colônias de Portugal e não possuía qualquer tipo de produção artística ou intelectual genuinamente brasileira. 

O Quinhentismo é marcado pelo ponto de vista do europeu sobre o Brasil, ou seja, as impressões sobre a fauna, a flora e, principalmente, os indígenas, o povo nativo das "novas terras descobertas". 

As narrativas contavam histórias focadas nas ambições, intenções e objetivos do homem europeu, em busca de novas terras e riquezas. Esses textos eram produzidos principalmente por aventureiros, jesuítas e missionários que passavam pelas terras brasileiras. 

Quinhentismo no Brasil​

No Brasil, o Quinhentismo é marcado por dois principais momentos de produções literárias: a literatura de informação e a literatura jesuíta

Literatura de informação

Este tipo de literatura é considerada por muitos estudiosos como paraliterário, pois foge às normas convencionais da literatura. 

A literatura de informação era focada na descrição e relato de todas as coisas encontradas em terras brasileiras, com o intuito de manter os governantes e nobres de Portugal informados sobre os seus domínios. 

O principal marco da literatura de informação foi a "Carta de Pero Vaz de Caminha" ao rei de Portugal, Dom Manuel, sobre o descobrimento do Brasil. Caminha era o escrivão-mor da nau de Pedro Álvares de Cabral e narrou, em textos ricos de adjetivos, as características físicas da nova terra descoberta, além dos habitantes que ali residiam e seus costumes. 

Atualmente, as produções criadas para a literatura de informação são cruciais para os historiadores (ou entusiastas e curiosos sobre a história brasileira) compreenderem como o Brasil era antes da total inserção da cultura europeia no país. 

Literatura jesuíta

A literatura jesuíta possui melhor qualidade estética do que a produzida pelos autores da literatura de informação, pois foram os primeiros a produzir conteúdos culturais no Brasil.

Os jesuítas faziam poemas e peças de teatro como ferramentas pedagógicas para catequizar os indígenas. No entanto, este tipo de literatura não possuíam exclusivamente teor religioso. 

O principal autor foi o historiador, gramático, poeta, teatrólogo e padre jesuíta espanhol José de Anchieta, que ficou conhecido como um grande defensor dos indígenas contra o comportamento abusivo dos colonizadores portugueses. 

José de Anchieta aprendeu a língua Tupi e produziu a obra-prima "Arte de gramática da língua mais usada na costa do Brasil", o primeiro livro de gramática do idioma Tupi-guarani, em 1595. 

Características do Quinhentismo

  • Textos informativos e descritivos;
  • Crônicas de viagens;
  • Utilização de adjetivos;
  • Produzida pelo homem europeu;
  • Linguagem simples;
  • Destaque para a conquista material e espiritual;

Ver também o significado de Barroco.

O significado de Quinhentismo está na categoria: Geral