Significado do Tratado de Versalhes

O que é o Tratado de Versalhes:

Tratado de Versalhes é o nome dado ao tratado de paz firmado entre os países europeus e que simbolizava o fim da Primeira Guerra Mundial, que aconteceu entre os anos de 1914 e 1918.

O Tratado de Versalhes começou a ser desenvolvido em novembro de 1918, sendo consolidado apenas em 28 de junho de 1919, quando o ministro alemão, Hermann Müller, assinou o documento. Com a criação da Liga das Nações, o Tratado de Versalhes foi retificado em 1920.

A partir desse tratado, estabeleceu-se que a Alemanha era a única responsável pelo conflito e a ela caberia reparar os prejuízos da guerra. As condições do tratado foram duríssimas e consideradas humilhantes pela Alemanha.

A insatisfação da população a partir das consequências geradas pelo tratado foram uma das principais causas da Segunda Guerra Mundial.

Resumo do Tratado de Versalhes

O Tratado de Versalhes foi negociado ao longo de meses pelas lideranças dos países rivais da Alemanha durante a Primeira Guerra Mundial e foi assinado no Palácio de Versalhes, durante a Conferência de Paris.

Esses países eram o Reino Unido, a França, os Estados Unidos e a Itália. A Itália logo se retirou das negociações por não aceitar as condições impostas pelos outros países.

Além desses países, participaram da Conferência de Paris delegações de outros 25 países, entre eles o Brasil.

Tratado de Versalhes
Delegações reunidas no salão de espelhos do Palácio de Versalhes para assinatura do tratado.

A Alemanha não teve a oportunidade de participar das negociações, mesmo após solicitações. Philip Scheideman, chanceler alemão naquele momento, renunciou ao cargo para não assinar o tratado.

O tratado era composto por 15 partes e 440 artigos. O principal artigo, o 231, atribuía à Alemanha a culpa total pelo conflito:

A Alemanha e os seus Aliados são responsáveis, uma vez que os causaram, por todas as perdas e danos sofridos pelos governos aliados e pelos seus associados, bem como pelos cidadãos destes países, em consequência da guerra.

Saiba mais sobre a Primeira Guerra Mundial.

Principais pontos do Tratado de Versalhes

Como foi considerada a responsável pelo conflito, a Alemanha foi obrigada a ceder aos países inimigos partes de seu território. Além de pagar pesadas indenizações e ser obrigada a reduzir seu exército e poder bélico.

Perdas territoriais

O Tratado de Versalhes reduziu o território alemão em 13%, o que representava também uma perda de 10% da sua população total. Além disso,

  • A Alsácia-Lorena foi devolvida para a França;
  • Malmedy, Moresnet e Eupen foram entregues à Bélgica;
  • A zona carbonífera de Sarre foi dominada pela França;
  • Uma faixa de terra que cruzava o território alemão foi cedida à Polônia;
  • Memel foi entregue à Lituânia;
  • A Alemanha perdeu todas as colônias que tinha na África.

Perdas militares

Para enfraquecer a Alemanha e evitar novos conflitos, os países negociadores do Tratado de Versalhes tomaram medidas para sufocar a capacidade bélica alemã:

  • Proibição de recrutamento militar;
  • Limitação do exército em apenas 100 mil soldados;
  • Proibição da marinha e da aeronáutica no país;
  • Foram obrigados a destruir metralhadoras, rifles e aviões.

Perdas financeiras

A Alemanha ficou obrigada a pagar indenizações elevadíssimas, deixando a economia alemã, que já estava fragilizada, em uma grande crise econômica. A França e a Inglaterra exigiram do país uma indenização que superava os 200 bilhões de marcos alemães.

Consequências do Tratado de Versalhes

As duras imposições do Tratado de Versalhes à Alemanha mergulharam o país em uma grande crise, com elevadas taxas de hiperinflação. A insatisfação crescia entre a população alemã, que considerava as medidas do tratado humilhantes.

O sentimento de revanchismo compartilhado pela nação alemã e a insatisfação com a crise econômica que se instalou no país após a perda da guerra fez com que, sob a liderança de Adolf Hitler, a Alemanha voltasse a atacar algumas das principais potências da Europa.

HitlerHitler ovacionado por alemães depois de ser nomeado chanceler da Alemanha.

Essa insatisfação geral também permitiu o surgimento de ideologias políticas radicais, o que culminou no nazismo e 20 anos mais tarde, na eclosão da Segunda Guerra Mundial.

Saiba mais sobre o Nazismo e führer.

Data de atualização: 26/11/2019.